Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

sábado, 6 de março de 2021

“Vaquinha” em voo arrecada R$ 1,6 mil para mãe de MT que viajava com filho doente

Um vídeo gravado durante um voo entre Campinas e São José do Rio Preto, em São Paulo, viralizou nas redes sociais após uma “vaquinha” arrecadar cerca de R$ 1.600 para uma mãe que viajava em busca de tratamento médico para o filho, que sofre de insuficiência cardíaca e sopro no coração.

A história do pequeno Caleb, de apenas 9 meses de vida, e da mãe dele, a mato-grossense Sirlândia Dias Pereira, de 31 anos, comoveu um dos passageiros. Ao descobrir os motivos da viagem e as dificuldades financeiras enfrentadas pela família em busca do tratamento, Alex Pontes, de 38 anos, pediu à equipe de comissários da Azul autorização para usar o sistema de som da aeronave.

“Todo mundo gostaria de se encontrar com um anjo e ser ajudado de alguma maneira. E hoje, a gente pode ser um anjo na vida dela. Vamos ajudar essa mulher guerreira, essa mãe?”, sugeriu Alex aos passageiros.

Ele contou que a viagem da passageira – que tinha acabado de conhecer – só foi possível após a ajuda da assistência social da cidade em que mora, Araputanga (MT), e de um grupo de voluntários – incluindo médicos e uma nutricionista.

A corrente do bem deu certo, e os R$ 1.568 e US$ 100 foram entregues para a passageira, que se emocionou: “Não esperava isso na minha vida. É Deus, é Deus”.

O passageiro que liderou a iniciativa explicou ao UOL que achou muito humana e solidária a ação das demais pessoas. “A onda de generosidade não acabou ali. Quando o avião pousou, muitas pessoas a procuraram para oferecer ajuda. Em nenhum momento ela se vitimou, pelo contrário, ficou alegre e chorou de gratidão”, lembra Alex.

Apesar da repercussão que o caso teve na internet, Alex afirma que o ideal seria que a ajuda ao próximo fosse algo comum. “Deveríamos estar acostumados com isso. Mas já que viralizou, tomara que seja uma inspiração para que mais atitudes solidárias aconteçam. Em algum momento você pode ser um anjo na vida de alguém.”.

Ajuda em boa hora

Sirlândia ressalta que o dinheiro arrecadado será muito útil, já que ela precisará ficar no interior de São Paulo pelos próximos 30 dias. “O tratamento está sendo feito todo pelo SUS, inclusive a cirurgia dele, mas é uma ajuda que eu não esperava que pudesse acontecer”, contou ao UOL a dona de casa.

E era para acontecer mesmo, afinal, as malas foram feitas e desfeitas três vezes até que desse certo a viagem para o sudeste. “Por causa da pandemia, tivemos que adiar. Mas, tudo [acontece] na hora de Deus”, comemora.

Cirurgia de Caleb foi bem sucedida 

Caleb passou por cirurgia na última quarta-feira (16) e o procedimento foi considerado um sucesso. A criança segue internada na UTI do Hospital da Criança e Maternidade como parte da recuperação, mas já respira sem ajuda de aparelhos. “Ele chorou dois meses sem parar até que a gente descobrisse qual era o problema dele. Agora vai se recuperar pra ter uma vida normal”, desabafou Sirlândia.

Ler Anterior

Manifestantes se reúnem em ato em defesa do Pantanal de MT

Leia em seguida

TJ retoma processo em que empresa cobra R$ 9,1 milhões da AL de MT