Notícias de Última Hora :

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

segunda-feira, 26 de julho de 2021

Quadrilha é presa com 768 latas de tintas falsificadas em Pedra Preta

Policiais militares do 1º Pelotão de Pedra Preta (a 238 km de Cuiabá) prenderam nesta quinta-feira (24), seis pessoas, sendo cinco homens e uma mulher, por estelionato.

Na ação policial, foram apreendidas 768 latas de tinta falsificadas, três veículos, oito celulares, três máquinas de cartão, 30 comprovantes de depósito e cadernos com anotações do fluxo de caixa.

Os policiais foram informados por um morador do Distrito de Galiléia que alegou ter sido vítima do golpe da tinta falsificada. Ele comprou  13 latas do produto por R$ 1 mil. Quando descobriu a irregularidade, acionou a PM.

Em diligência na busca dos suspeitos, os militares descobriram que a quadrilha estava hospedada e vendendo o material falsificado em um hotel localizado às margens da MT-364. Os criminoso passavam a informação que seriam vendedores ambulantes da cidade de Mogi das Cruzes, em São Paulo. A carga com o produto falsificado teria chegado na quarta-feira (23) e empilhada no estacionamento do hotel.

Uma equipe da Força Tática somou ao trabalho de abordagem e vistoria. O grupo confessou que iria vender a tinta nas cidades próximas. Uma análise superficial, os agentes perceberam que as embalagens eram imitações de duas marcas consolidadas no mercado.

O mesmo golpe foi aplicado em várias cidades do país como São Paulo, Bahia e Minas Gerais e, descoberto que a tinta seria uma mistura de água, cal e corante. Os valores de cada lata ou caixa eram vendidas de R$ 40 a R$ 70.

Ler Anterior

Reféns são libertados e suspeito é preso por sequestro e roubo de carreta

Leia em seguida

Batalhão Ambiental identifica desmatamento ilegal em fazenda e apreende tratores