Notícias de Última Hora :

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

domingo, 1 de agosto de 2021

Mulher denuncia estupro dentro de UTI no Hospital Municipal de Cuiabá

Neste sábado (17), uma mulher de 45 anos, denunciou ter sido estuprada por um enfermeiro na UTI do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), onde encontra-se internada.  Caso foi divulgado somente nesta segunda-feira (19).

Posteriormente, a paciente relatou que o enfermeiro usava uniforme verde, ficou sentado ao seu lado algum tempo. A mulher disse ter cochilado e acordou com ele levantando o lençol, com a mão próxima de genitália. Ainda segundo a vítima, o enfermeiro disse que era um procedimento normal e em seguida aplicou uma medicação. A mulher dormiu e ao acordar na manhã de sábado, sentiu desconforto ao sentar e, ao fazer a higiene matinal, notou fluídos e sangue na fralda geriátrica que usava. Ela chamou os médicos e denunciou o caso.

A Polícia Militar foi chamada após a vítima acordar e perceber o que havia acontecido. Ela denunciou o estupro e o caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada da Mulher.

Apesar das investigações, até o momento o suspeito de ter cometido o crime ainda não foi identificado.

Outro lado

Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Saúde informou que, assim que soube da situação, chamou imediatamente a polícia, que esteve no local e colheu informações para investigar o caso e está à disposição para colaborar com o que for necessário nas investigações.

(Veja na íntegra)

Em relação ao suposto caso de estupro no Hospital Municipal de Cuiabá, a Secretaria Municipal de Saúde informa:

-A diretoria do HMC, assim que soube da situação, chamou imediatamente a polícia, que esteve no local e colheu informações para investigar o caso e está à disposição para colaborar com o que for necessário nas investigações.

-A paciente teve acompanhamento psicológico e recebeu as medicações indicadas no protocolo para este tipo de situação.

-O HMC ressalta que na UTI onde a paciente estava internada fica sempre uma equipe de plantão composta por 5 técnicos de enfermagem, 1 fisioterapeuta, 2 enfermeiros, 1 médico e 1 supervisor que cuida de todas as UTIs.

Ainda nesta segunda-feira (19), quando o caso foi divulgado, a Secretaria Municipal de Saúde novamente emitiu uma nota dizendo que afastou todos os homens que compõem a equipe de plantão, após uma paciente denunciar que teria sido estuprada na Unidade de Terapia intensiva (UTI). (Veja na íntegra)

A Secretaria Municipal de Saúde informa:

-Devido à denúncia de um suposto estupro que teria ocorrido no Hospital Municipal de Cuiabá – HMC, a diretoria do hospital decidiu afastar os homens que compõem a equipe que estava de plantão na UTI na data de 17/10 até que as investigações da polícia sejam concluídas.

-Se o laudo da polícia confirmar o ato, o responsável será demitido e responderá criminalmente.

Ler Anterior

Otaviano Pivetta deixa PDT para manter apoio à candidata de Bolsonaro

Leia em seguida

Esposa é principal suspeita de arquitetar morte de empresário alvo da “Crédito Podre”