Notícias de Última Hora :

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

domingo, 1 de agosto de 2021

TJ mantém decisão que condenou Galli por declarações homofóbicas

Vidotti determinou que o dinheiro fosse destinado a uma entidade sem fins lucrativos

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), manteve decisão que condenou o ex-deputado federal Victório Galli ao pagamento de R$ 100 mil por declarações homofóbicas.

 

Decisão foi estabelecida pela Turma de Câmaras Cíveis Reunidas de Direito Público e Coletivo, que julgou improcedente em 18 de dezembro a ação rescisória interposta por Galli.

 

A ação civil proposta pela Defensoria Pública de Mato Grosso demonstrou constantes manifestações consideradas preconceituosas. Revelou-se o discurso de ódio contra gays, lésbicas, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros.

 

Sentença foi proferida pela juíza Celia Regina Vidotti, da Vara Especializada de Ação Civil Pública e Ação Popular de Cuiabá.

Posicionamentos do ex-deputado geram polêmica. Um deles, Galli, em entrevista à Rádio Capital, alegou que a Disney e o Mickey fazem “apologia” ao “homossexualismo”. Nas redes sociais, o político também publicou ilustrações que equiparam homossexualidade com a pedofilia.
Na condenação, Celia Regina Vidotti determinou que o dinheiro fosse destinado a uma entidade sem fins lucrativos em Cuiabá que atue com a comunidade LGBT.

Ler Anterior

Mulheres são presas após furtarem R$ 1,3 mil de idoso em MT

Leia em seguida

“Brasil está quebrado e eu não consigo fazer nada”, diz Bolsonaro