Notícias de Última Hora :

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

sábado, 19 de junho de 2021

Presidente da AL diz que é impraticável auditoria em votos

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL), deputado estadual Eduardo Botelho (DEM), afirmou que não existe a possibilidade de realizar auditoria nos votos dos deputados em relação a manutenção do veto do Projeto de Lei Complementar (PLC 36).

A proposta de fazer uma auditoria no sistema de votação partiu do deputado Lúdio Cabral (PT), autor do PLC 36.

 

A discussão é entorno do placar de votação dos parlamentares do último dia 10 de janeiro, já que o veto do governador Mauro Mendes (DEM) foi mantido pela Casa de Leis por 12 votos contra 11. Porém, 13 deputados disseram terem votado a favor da derrubado da medida.

“Para fazer auditoria, temos que quebrar o sistema, quebrar o sigilo do voto e nós não vamos permitir isso, é impraticável. O voto é secreto, está na Constituição e assim vai continuar”, disse o presidente.

O PLC 36 tinha como objetivo isentar aposentados e pensionistas que recebiam até R$ 6,1 mil – valor do teto do INSS – de pagarem alíquota de 14% para a previdência.

Em relação a uma possível manipulação dos dados, Botelho afirmou que não existe a possibilidade, mas concorda com fazer uma simulação de votação.

“Se ele quiser fazer uma simulação no sistema para ver se condiz com a realidade, eu estou pronto para fazer. Vamos pegar uns tablets, fazer uma votação simulada e verá se o resultado é diferente ou real. Já fizemos isso”, pontuou.

Ler Anterior

Oitavas de final da Champions: calendário de jogos e os favoritos

Leia em seguida

Casa de Amparo é referência no atendimento às mulheres vítimas de violência