Notícias de Última Hora :

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

sábado, 19 de junho de 2021

Secretário admite saúde em colapso

A saúde pública de Mato Grosso entrou em colapso. Nesta segunda-feira (8), o estado atingiu a taxa de ocupação de mais de 98% dos leitos de UTI para Covid-19. Não existe mais vagas para novas internações e há uma lista de espera com cerca de 60 pessoas.

O secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, disse que os leitos que ainda estão vagos são reservados para atender pacientes que já estão em enfermaria e eventualmente precisarem de UTI.

“O sistema já se colapsou, a procura de profissionais é grande, mas não profissionais suficientes no país. Existe um colapso no SUS e a população precisa entender que esse é o momento de fazer escolha pela vida ou pela morte”, afirmou.

Essa é a segunda vez que a saúde de Mato Grosso entra em colapso desde o início da pandemia. Em julho do ano passado, também houve falta de vagas para os pacientes com a doença.

Thank you for watching

A Secretaria Estadual de Saúde pediu a outros estados auxílio para a transferência de pacientes com Covid-19.

A secretaria informou que não houve confirmação oficial por parte dos estados até o momento, porque a situação é de hospitais cheios em todas as regiões do país.

Em Mato Grosso já foram registrados 261.116 casos e 6.016 mortes pela doença.

Previsão de piora

Segundo Diego Ricardo Xavier, epidemiologista da Fiocruz, a expectativa é que o quadro fique ainda pior no estado.

“A gente vai enfrentar dias piores do que a gente já viu até agora na pandemia. Para ilustrar isso, basta a gente pensar como foi aquela primeira onda de contágio. Lá no início, a gente tinha uma mobilização da população que acompanhava a epidemia na Itália e via corpos se amontoarem e a população estava mais sensível, a gente tinha uma comunicação mais próxima da população”, disse o especialista.

Ainda segundo ele, no início da pandemia, em março de 2020, havia mais recursos financeiros e equipes mais motivadas.

Dados da Covid-19 em MT

O número de mortes por Covid-19 em Mato Grosso passou de 6 mil nesse domingo (7). De acordo com o Painel Covid-19, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) registrou desde o início da pandemia 261.116 casos confirmados da Covid-19 e 6.016 óbitos em decorrência da doença no estado.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 476 internações em UTIs públicas e 412 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 98,96% para UTIs adulto e em 49% para enfermarias adulto.

 

Ler Anterior

AL pede prorrogação de auxílio em MT

Leia em seguida

“Data é maior que apelo comercial: é dia de luta”, diz vice-presidente da OAB-MT