Notícias de Última Hora :

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

sexta-feira, 11 de junho de 2021

Secretaria de Assistência Social -Trabalho humanizado e resultados positivos

“Trabalhar perspectivas de vida”. Esse é o foco da Secretaria de Assistência Social ao acolher os moradores de rua retirados por uma equipe multidisciplinar e encaminhados ao Albergue Municipal Santa Úrsula, segundo o olhar técnico da coordenadora do CREAS, Iltenir Ferreira de Queiroz, “lidamos com gente, com pessoas, com sentimentos, com duvidas daí a seriedade do nosso trabalho, que não se limita a retirar pessoas da rua”.
Para Iltenir o mais importante é que “ofertamos serviços que possam transformar, para melhor, a vida das pessoas através da possibilidade de restabelecer o vinculo familiar, tratamento para o alcoolismo, o emprego e, temos tido sucesso”. O operacional exige dedicação e paciência, porque ao chegarem ao albergue, é feita uma triagem através de uma conversa franca para “detectarmos a realidade de cada um e tomarmos as medidas que cada caso exige, por que cada ser humano tem a sua história que precisa ser levada em consideração”.
O coordenador do albergue Geovani Fortes, que lida diretamente com a perspectiva das pessoas, fala da satisfação em estar contribuindo com algo tão sério, “é gratificante, há mais superação do que fracassos no nosso trabalho embora a rotatividade seja muito grande”. Devido a experiência e o tempo de trabalho, Geovani, “consegui estabelecer um vinculo de confiança com os fazendeiros da região que ocupam a mão de obra dos albergados para diárias e serviços temporários”.
Para Iltenir, essa confiança foi conquistada com muito diálogo, porque “ainda existe preconceito e desconfiança quando se fala que é um albergado na busca de emprego, mas trabalhamos diariamente para mudar essa situação”.  Entretanto, segundo ela, o restabelecimento do vinculo familiar não é tão fácil, mas “conseguimos através do diálogo com o albergado e com a família e, com a situação sob controle, liberamos as passagens para o local de origem”.
As abordagens, segundo Iltenir, acontecem duas vezes por semana, com apoio da PM, tanto nas ruas como nas imediações do albergue “para que possamos trabalhar com tranqüilidade”.
Para a secretária, Leninha Riva, dentre outras ações inerentes a SAS, “a recuperação do ser humano, seja através do resgate dos vínculos afetivos da família, emprego, tratamentos é, sem duvida o mais gratificante, porque o ser humano com suas expectativas e sonhos é o centro do nosso trabalho”.
Balanço
155 pessoas passaram pelo albergue em 2021; 82 Pessoas acompanhadas no albergue pela equipe técnica de janeiro a fevereiro; concessão de 34 passagens (12 retornos para cidade de origem ou para familiares; 19 para trabalho; 03 para outros); 22 outros encaminhamentos (saúde, defensoria pública, busca ativa, etc).
Iltenir destaca que o albergue atua como casa de passagem com período de permanência determinado e, após atendimentos especializados os encaminhamentos e procedimentos dispensados “são direcionados à autonomia e independência dos usuários do serviço, bem como resgate de vínculos familiares”.
Coordenadoria de Comunicação Social

Ler Anterior

Ministério diz que MT lidera eficiência na aplicação de vacinas

Leia em seguida

Homem mata irmão com garrafa de vidro quebrada em Sorriso