Notícias de Última Hora :

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

quarta-feira, 28 de julho de 2021

Senador diz que lockdown total é ‘loucura’ e pede autonomia de municípios

O senador Wellington Fagundes (PL) afirma ser contra a decretação de lockdown total em todo o país ou estados. Para ele,  a medida é “loucura”. Ele defende “possíveis” lockdowns pontuais, desde que sejam estabelecidos por prefeitos e governadores. “Lockdown tem que ser feito em cada local com critérios de acordo com a necessidade de cada localidade”, disse o senador.

 

Segundo ele, o distanciamento social é mais fácil em cidades com menos habitantes, já que o transporte público é um local de proliferação da doenção.  “Para se fazer isso é preciso analisar as questões econômicas. Mato Grosso, por exemplo, tem uma economia rural, focado na agropecuária. Porém, trabalho no campo é diferente do trabalho na cidade”, explica. “Fazer isso de maneira geral em nosso Estado é complicado”, completa.

A declaração de Wellington vai de encontro à decisão da Assembleia Legislativa, que não aprovou um projeto de Lei do governo Mauro Mendes (DEM) que visava decretar lockdown por 10 dias em Mato Grosso, através de antecipação de feriados.  Diante da negativa, o governo baixou um decreto estadual para orientar municípios que estejam classificados na tabela de risco em níveis ‘muito alto’ ou implemente uma quarentena de 10 dias.

 

De acordo com o último boletim do Estado, cerca de 50 cidades estão com nível muito alto.

 

“O lockdown total é uma coisa, o lockdown pontual é outra coisa. O Brasil é um país com dimensões continentais. Não dá para você tomar uma atitude como se fosse o Brasil um paisinho pequeno. Por isso falar em lockdown geral, pra mim é loucura. Por isso tem que dar autonomia para que cada unidade possa tomar sua posição simplificando, facilitando, conversando com cada unidade”, finalizou.

Ler Anterior

Boninho rebate crítica de seguidor sobre elenco do reality: “Não f*de!”

Leia em seguida

Lives sertanejas voltam com força em 2021