Notícias de Última Hora :

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

quarta-feira, 28 de julho de 2021

Com menos vacinas que MS, Assembleia questiona na Justiça critério de distribuição

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) ingressou nesta segunda-feira (5) com uma ação na Justiça Federal questionando os critérios do governo federal para a distribuição da vacina contra a covid-19 entre os estados. No pedido, a Comissão de Saúde da ALMT afirma que mesmo com população menor, Mato Grosso do Sul recebeu mais imunizantes que Mato Grosso.

 

A ação tem a assinatura da Mesa Diretora e também do presidente da Comissão de Saúde, deputado Dr. Eugênio (PSB). Na ação os deputados pedem para “ter acesso aos critérios que efetivamente definem a quantidade de vacina contra a covid-19 de cada Estado”.

Conforme o documento, até 2 de abril Mato Grosso recebeu 561.210 doses, dividas em 10 remessas. No mesmo período, Mato Grosso do Sul recebeu 576.510 vacinas. Na comparação entre os dois estados, a população de Mato Grosso é de 3,5 milhões de habitantes, enquanto o estado vizinho tem 2,8 milhões de moradores.

 

Segundo a ação, o envio de número menor de doses para Mato Grosso não é explicado, pois não são claros os critérios para essa divisão. “(…) a quantidade de doses enviadas ao Estado de Mato Grosso mostra-se inferior àquelas destinadas a outros Estados, como a título de exemplo, Mato Grosso do Sul e Goiás. Tudo isso, reitere-se, sem a publicidade dos critérios justificadores”.

 

E que é preciso deixar claro como essa distribuição é feita, o que atualmente não está claro para os cidadãos. E que “a não disponibilização dos critérios de definição do quantitativo de doses da vacina contra a covid-19 de cada ente federado não é integralmente sanada com a definição dos grupos prioritários”.

 

Ou seja, apenas falar quantas pessoas fazem parte dos grupos prioritários em cada Estado não explica porque alguns entes federados recebem mais doses que outros, mesmo tendo população menor, o que precisa ser sanado.

 

Os deputados argumentam ainda que essa questão precisa ser resolvida, por causa da “iminente possibilidade de dano grave e de difícil reparação, consubstanciado na morosidade na imunização contra a covid-19 dos cidadãos mato-grossenses e o agravamento do colapso no sistema de saúde estadual”

Thalyta Amaral-gazeta digital.

Ler Anterior

Valentim assume amanhã comando técnico do Cuiabá

Leia em seguida

Deputada avisa que comando do MDB não está pacificado