Notícias de Última Hora :

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

terça-feira, 18 de maio de 2021

Senadores de MT assinam ampliação de CPI da Pandemia para governadores e prefeitos

Os senadores de Mato Grosso afirmam ter assinado “contrariados” o pedido de criação da CPI da Pandemia de forma ampliada, Se aprovada, será investigado não somente o presidente Jair Bolsonaro, mas também governadores e prefeitos, pela conduta durante a crise sanitária.

Wellington Fagundes (PL) afirmou à reportagem que realmente não é a favor de uma CPI no momento, já que o oportuno, na opinião dele, seria unir forças para garantir vacinação em massa, ou seja, universalizar a imunização o quanto antes e parar as mortes. “Já tinha todas as assinaturas, mais uma, menos uma, não ia mudar o fato, a CPI vai existir”, justificou.

Carlos Fávaro (PSD), que tinha se oposto a uma CPI focada apenas no presidente Jair Bolsonaro, agora assinou a CPI envolvendo, também, governadores e prefeitos. “Se é para investigar, que investigue tudo, de forma bem feita”, é a argumentação dele.

Ao apoiar a CPI, Fávaro destaca que, embora entenda não ser este o melhor momento para a instalação de uma Comissão, ela precisa ser séria e técnica. “Sempre disse que o momento era para buscarmos salvar vidas. Uma vez que a CPI é inevitável neste momento, sobretudo por conta de uma decisão do ministro Luís Roberto Barroso (do Supremo, que determinou ao Senado a apuração), que ela apure, então, todas as suspeitas de improbidade nas três esferas: federal, estadual e municipal”.

A assessoria do senador Jayme Campos (DEM) também disse que ele assinou contrariado. Inclusive, conversou por telefone com o senador Eduardo Girão (Podemos-CE), que apresentou o pedido de investigação. Disse que quem pegou dinheiro público, tem mesmo que prestar contas. Porém o que Jayme diz ser contra é que se crie “fato político” em cima disso, uma vez que essa ampliação teria sido forçada pelo Bolsonaro, como mostra gravação de conversa entre ele e o senador Jorge Kajuru (Cidadania/GO). A conversa veio à tona e repercutiu no país.

No requerimento apresentado, Girão ressalta que, até dezembro do ano passado, ao menos 61 operações foram deflagradas pela Polícia Federal para apurar supostos crimes contra a administração pública, cometidos com o intuito de desviar recursos públicos destinados ao combate à pandemia. Neste período, foram emitidos mais de mil mandados de busca e apreensão e 144 de prisão. No total, o valor dos contratos investigados é de quase R$ 2 bilhões.

O pedido de criação será lido e depois disso vai para votação.

Unica news keka werneck

Ler Anterior

Pinheiro sanciona lei que reconhece atividade religiosa como essencial

Leia em seguida

Thaís é eliminada do BBB com 82,29% dos votos