Notícias de Última Hora :

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

quinta-feira, 10 de junho de 2021

Prefeito de SP tem piora e é diagnosticado com líquido nos pulmões e no abdômen

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), apresentou uma piora no quadro de saúde e foi diagnosticado com líquido nos pulmões e no abdômen. Uma suplementação nutricional também foi iniciada para que ele esteja mais preparado para o novo tratamento.

A informação foi divulgada na tarde desta quarta-feira (21) em coletiva de imprensa da equipe médica que assiste o prefeito.

Covas enfrenta um câncer na região da cárdia, localizada na transição entre o estômago e o esôfago, com metástase em outras áreas do corpo. Ele foi internado na última quinta-feira (15) para a realização de exames de controle, que descobriram novos focos de tumores nos ossos e no fígado.

De acordo com os médicos, o prefeito poderia receber alta e continuar com um novo tratamento oncológico, mas na sexta-feira (16) foi constatada a presença de líquido no abdômen e nos dois pulmões, desencadeada pela presença dos nódulos no fígado.

O líquido fica mais exatamente entre as pleuras, tecidos que revestem os pulmões e o tórax. Um tratamento com drenos foi iniciado no dia seguinte.

“O prefeito veio fazer uma avaliação rotineira e os exames de imagem, endoscópicos e gerais mostraram avanço da doença, tanto na região do fígado, quanto no aparecimento de lesões ósseas. Isso fez com que os oncologistas adotassem uma nova proposta terapêutica composta de dois quimioterápicos e dois imunobiológicos”, disse o médico David Uip.

Segundo Uip, havia previsão de alta para o início da semana.

“Mas houve este fato novo: a inflamação causada pelo tumor, provavelmente do que se localiza no fígado – causou acúmulo de líquido no abdômen e nos pulmões, especificamente entre as pleuras”, explicou o médico.

Condição clínica confortável e alimentação por sonda

Os médicos explicaram que todos possuem líquido pleural, uma composição de água e proteínas, e que o acúmulo dele em pacientes que passam pelo tratamento oncológico é rotineiro.

O pequeno volume de líquido causa incômodo na função respiratória, mas segundo a equipe, a situação do prefeito está bem controlada, com condição clínica “bem confortável”, sendo a única dificuldade a previsão de quando o líquido será totalmente drenado para que ele receba alta hospitalar.

Uip disse que alguns pacientes podem ser liberados com drenos, mas a equipe optou por interná-lo para que se adeque ao novo tratamento contra a metástase nos ossos e no fígado.

Covas também começou a receber alimentação parenteral (por meio de uma sonda) durante as madrugadas, enquanto dorme, para auxiliar no ganho de peso. Durante o dia, ele se alimenta normalmente.

De acordo com a equipe médica, o prefeito emagreceu um pouco, mas a complementação nutricional visa especialmente prepará-lo para o novo tratamento.

Ainda de acordo com a equipe médica, Bruno Covas responde bem ao tratamento e permanecerá despachando do hospital, ainda que restrito, sem exposição pública.

Nas redes sociais, Bruno Covas agradeceu o apoio que vem recebendo.

“A luta continua e o trabalho não pode parar. O apoio e o carinho que recebo todos os dias me dão cada vez mais força. Seguirei como sempre: de cabeça erguida e cumprindo, junto com minha equipe, nossos compromissos com São Paulo”, disse Covas nas redes sociais.
O tucano está sendo acompanhado pelas equipes médicas coordenadas por David Uip, Artur Katz, Tulio Eduardo Flesch Pfiffer, Roberto Kalil Filho e Ângelo Fernandez, no Hospital Sírio Libanês, na capital paulista.

Ler Anterior

Cuiabá abre posto na AL e EP descarta usar 2ª dose para aumentar ranking de vacinados

Leia em seguida

“BBB 21”: por que João Luiz foi o eliminado desta quinta-feira?