Notícias de Última Hora :

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

quarta-feira, 23 de junho de 2021

ANVISA decide não autorizar vacina que MT comprou 1,2 milhão de doses

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decidiu, ontem (26), não autorizar a importação da Sputnik V, vacina russa contra a Covid-19, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya e que o Governo de Mato Grosso já acertou a compra de 1,2 milhão de doses.

A decisão foi unânime e se baseou em diversos pareceres técnicos sobre falhas em etapas de produção e análise de segurança do imunizante. Os técnicos ressaltaram que a aprovação poderia colocar em risco a saúde de pelo menos 14,8 milhões de brasileiros.

A reunião de deliberação foi marcada dentro do prazo estipulado pela lei e de acordo com a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski, que determinou a análise da questão em 30 dias. A agência pediu que o prazo fosse suspenso, o que foi negado pelo ministro.

De acordo com a Anvisa, até o momento 14 estados enviaram pedidos de importação da vacina Sputnik para a Anvisa: Acre, Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Sergipe e Tocantins, além dos municípios fluminenses de Maricá e Niterói.

Três especialistas fizeram apresentações: Gustavo Mendes, gerente-geral de Medicamentos e Produtos Biológicos, Ana Carolina Marino, gerente-geral de Fiscalização e Suzie Marie Gomes, gerente-geral de Monitoramento. Todos os técnicos negaram a importação da vacina russa ao Brasil.

Recentemente, o presidente da Argentina, Alberto Fernandez, anunciou que testou positivo para a COVID-19, isso depois de tomar as duas doses da Sputnik, que no país vizinho já está sendo aplicada há algum tempo. A situação gerou um princípio de crise diplomática e até o presidente russo, Vladimir Putin, se manifestou.

Ler Anterior

Prefeitura de Primavera entrega 120 cestas básicas a trabalhadores da agricultura familiar

Leia em seguida

Câmara aprova requerimento para instaurar CPI e investigar denúncia de medicamentos vencidos