Notícias de Última Hora :

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

quarta-feira, 28 de julho de 2021

Emanuel diz que confia no Governo Federal para envio de doses extras de vacinas

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), respondeu à imprensa, no começa da tarde desta segunda-feira (21), que confia no Governo Federal e no compromisso firmado com Cuiabá para a vinda das doses extras de vacinas contra a covid-19. A declaração ocorreu após o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, dizer que “não há nenhuma estratégia específica em relação às vacinas por conta da Copa América”.

Emanuel disse não saber sobre as outras cidades, mas quanto a Cuiabá, o compromisso já foi firmado publicamente, junto com a movimentação do deputado federal Emanuel Pinheiro Neto (PTB), o Emanuelzinho.

“Estivemos com o presidente Jair Bolsonaro, com o ministro-chefe da Casa Civil, General Ramos e depois por duas vezes, com o ministro da Saúde Marcelo Queiroga. Inclusive o ministro da Saúde, que em vídeo ao lado do deputado federal Emanuelzinho, assegurou as boas novas para Cuiabá, de que seriam enviados em pouco tempo, as doses extras de vacinas” reiterou o gestor municipal.

O prefeito declarou ainda que o General Ramos já está em contato com Emanuelzinho, para “assegurar o compromisso que será honrado com Cuiabá”.

Queiroga “desvia” do assunto

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, respondeu a indagação do senador Wellington Fagundes (PL), a pedido do senador Jayme Campos (DEM), sobre os pedidos de vacinas feitos pelos prefeitos Emanuel Pinheiro e Kalil Baracat, de Várzea Grande, ao presidente Jair Bolsonaro, durante audiência na Comissão Temporária da Covid-19 (CPI) no Senado.

“Não há uma estratégia específica em relação a competição esportiva [Copa América]. Na realidade o que está em discussão, esses estados que têm grandes fronteiras secas com países vizinhos, está em estudo no PNI [Plano Nacional de Imunização] para se ampliar a vacinação nesses estados que territorialmente são grandes, mas que tem concentração demográficas pequenas, de tal maneira que o esforço para ampliar a imunização não é tão grande, e do ponto de vista epidemiológico pode ser importante para conter prováveis variantes”.

Queiroga lembrou que já existe uma variante Andina, e que por isso seria importante a imunização desses estados de fronteira para garantir o controle sanitário no país. Porém, as possíveis vacinas a mais virão para o governo do Estado, que deverá fazer a distribuição.

As partidas disputadas pela Copa América em Cuiabá começaram no último dia 13 e seguem até o dia 28 de junho. A Prefeitura de Cuiabá não teve a oportunidade de participar da escolha da cidade como subsede da competição pelo fato de a Arena Pantanal, onde ocorrem os jogos, serem de administração do governo estadual. Diante disso, o prefeito Emanuel Pinheiro decidiu pleitear que toda a população elegível fosse contemplada com a imunização contra a covid-19.

 

Ler Anterior

Gabily rebola até o limite com Anitta e deixa fãs babando: “Uau!”

Leia em seguida

Senador critica CPI da Covid: “estão morrendo pessoas”