Notícias de Última Hora :

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

quarta-feira, 28 de julho de 2021

Em seminário, deputada fala de empoderamento feminino e sobre a baixa participação da mulher na política

A deputada estadual Janaina Riva (MDB) abriu, nesta segunda-feira (21) o seminário ‘Mulheres no Espaço Público’, evento de entrega do relatório final da Câmara Setorial Temática da Mulher (CSTM). Segundo a parlamentar, o trabalho da CST começa a dar frutos com o levantamento das leis existentes de proteção e defesa da mulher e os apontamentos do que ainda falta ser implantado, para poder levar à sociedade mais informações sobre os recursos legais disponíveis no estado e nortear os deputados sobre o que ainda é necessário para combater a violência contra a mulher.

“É muito gratificante ver que as ideias e os apontamentos levantados pela câmara setorial temática começam a ser colocados em prática e já norteiam nossos projetos de lei e trabalhos na busca pela defesa dos diretos das mulheres. Quando o deputado Wilson Santos e eu pensamos na implantação dessa Câmara e levamos a proposta à desembargadora Maria Erotides, com o convite para que ela presidisse os trabalhos, era justamente para ser apolítica, com representantes de cada poder e de segmentos da sociedade civil organizada para ratificar a seriedade do seu trabalho. Deu certo e hoje tenho muito orgulho de ter feito parte disso”, disse.

Janaina palestrou sobre ‘Mulheres no Espaço Público’ com relação à participação das mulheres na política e os desafios enfrentados por aquelas que resolvem passar pela disputa eleitoral. Defensora fiel da PEC que tramita no Congresso Nacional onde reserva um percentual mínimo de 15% de vagas nos parlamentos para as mulheres, Janaina falou de sua trajetória política e das dificuldades enfrentadas pelas mulheres na política.

“Se essa PEC fosse aprovada, teríamos no mínimo 4 deputadas estaduais em Mato Grosso e conseguiríamos pleitear mais espaços de poder para defender com mais força as nossas bandeiras. A região Centro-Oeste é a que possui menor percentual de mulheres nas casas legislativas. O estado vizinho, Mato Grosso do Sul, não tem nenhuma deputada estadual nesta legislatura. Há duas legislaturas eu sou a única mulher no Parlamento estadual. É muito complicado promover a democracia sem a paridade”, explica.

De cada 100 parlamentares estaduais brasileiros, somente 15 são deputadas – em 2014 o porcentual era de 11%. Dos 1.060 eleitos em 2018 para os legislativos nos Estados, apenas 163 são do sexo feminino. “Nosso trabalho de empoderamento feminino é árduo e na minha opinião passa pela conscientização das nossas meninas. A gente precisa ser respeitada. Eu desejo que minha filha possa ser o que ela quiser, política ou não, mas que suas escolhas sejam respeitadas”, finalizou.

Ler Anterior

Timão dá início à preparação para encarar Sport

Leia em seguida

PF mira Secretaria da Saúde de Sergipe por desvio de R$ 4 milhões