Notícias de Última Hora :

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

quinta-feira, 16 de setembro de 2021

Emendas de Lúdio preservam arrecadação de fundo e destina todas à Saúde e à hospitais filantrópicos

O deputado estadual Lúdio Cabral (PT) devolveu, nesta quarta-feira (7), os projetos de lei 600/21 e 602/21 com emendas e cobrou da Assembleia Legislativa uma sessão para votar os projetos o mais rapidamente possível. As oito emendas de Lúdio no PL 600 garantem a manutenção de recursos da Saúde e dos hospitais filantrópicos e as duas emendas no PL 602 aumentam o valor do auxílio para famílias em situação vulnerável e mantêm o pagamento mensal, em vez de bimestral como propôs o governo.

“Devolvi os projetos com as emendas feitas e agora espero que a Mesa Diretora tenha sensibilidade de convocar sessão para votar os projetos o mais rapidamente possível, ainda nesta semana. Nossas emendas evitam a desidratação do fundo, mantendo a contribuição dos gigantes do agronegócio e de empresas com incentivos fiscais, e asseguram recursos para a Saúde em Mato Grosso”, disse Lúdio Cabral.

As emendas de Lúdio no PL 600 corrigem a proposta do governo e o substitutivo apresentado por lideranças partidárias. Lúdio propõe manter a contribuição todos os setores econômicos que já contribuem com o Fundo Estadual de Equilíbrio Fiscal (FEEF), além de manter 100% da arrecadação na Saúde, destinando os recursos para o Fundo Estadual de Saúde, sendo 80% para os hospitais filantrópicos e 20% para os municípios.

“O projeto do governo é maldoso porque reduz os recursos da Saúde previstos no FEEF, isenta gigantes do agronegócio de contribuírem com o fundo e ainda divide os poucos recursos que sobram com a Assistência Social. Um Estado que encerrou o ano com R$ 3,9 bilhões em caixa não precisa tirar recursos da Saúde para colocar na Assistência Social. Existem recursos mais que suficientes para fazer Assistência Social com qualidade em Mato Grosso. Basta o governador ter vontade de priorizar essa área”, afirmou Lúdio.

O projeto original do governo reduz o leque de setores que contribuem para o fundo e destina 50% da arrecadação para a Assistência Social. O substitutivo apresentado por deputados melhora o percentual da Saúde, destinando 80% da arrecadação para a Saúde e 20% para a Assistência Social, porém, reduz ainda mais a arrecadação do fundo, liberando empresas que recebem incentivos fiscais de contribuírem. Lúdio explicou que tanto o projeto original do governo quanto o substitutivo retiram contribuição de empresas que já são beneficiadas com incentivos fiscais e reduzem o valor destinado aos hospitais filantrópicos.

Veja ao final a tabela que compara a legislação atual, o projeto do governo, o substitutivo e as emendas do deputado Lúdio Cabral.

Auxílio emergencial

As emendas de Lúdio Cabral ao PL 602 aumentam o valor do auxílio a famílias em situação vulnerável para R$ 300 por mês e asseguram o pagamento até dezembro de 2022. O projeto original do governo apenas autoriza prorrogação do programa Ser Emergencial, mantendo o auxílio atual de R$ 150 por mês até setembro, e torna o auxílio bimestral a partir de outubro, com pagamento de R$ 200 a cada dois meses.

Ler Anterior

Ministro da Saúde visita Santa Casa e UFR de Rondonópolis nesta sexta-feira

Leia em seguida

Detran-MT alerta quanto a golpes financeiros por telefone