Notícias de Última Hora :

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

quinta-feira, 16 de setembro de 2021

Hospital é especializado em dores na coluna, em Cuiabá

A cada 10 pessoas no mundo, pelo menos oito já tiveram ou ainda terão dores na coluna. O alerta é da Organização Mundial de Saúde (OMS) que identificou que a região lombar é uma das mais sensíveis na população.

Sedentarismo, má postura e stress estão entre os fatores que levam a dores na coluna. Em Cuiabá, pela primeira vez, as pessoas podem contar com uma unidade de Pronto Atendimento exclusivo para lesões na coluna. A iniciativa inédita é do hospital H-Bento que vem fortalecendo sua presença nos atendimentos ortopédicos na capital.

O médico ortopedista, cirurgião de coluna e um dos sócios do H-Bento, Aleixo Petrenko, conta que a ideia de criar um PA de coluna no hospital surgiu da demanda de atendimentos na unidade e a necessidade de tratamento e medicação imediata. A medida evita o agravamento das dores, além de reduzir as chances de lesões mais intensas. Além disso, o H-Bento conta com uma das maiores equipes de especialistas em coluna de Mato Grosso.

Inicialmente, o PA de Coluna funciona de segunda-feira a sexta-feira no período matutino, com um médico ortopedista especialista na área coordenando os atendimentos. A escala tem seguido assim: segunda-feira – Dr. Alex Santiago, terça-feira – Dr. Fábio Peres de Mendonça), quarta-feira – Dr. André Machado, quinta-feira – Dr. Vinicius Andrade e sexta-feira – Dr. Aleixo Petrenko. A proposta do hospital é ampliar o horário de atendimento.

“Víamos no dia a dia a chegada de pacientes com dores de coluna no PA e pensamos em direcionar o atendimento deles de maneira mais ágil. O PA exclusivo representa a celeridade no diagnóstico, adiantando o tratamento de casos mais graves. Além disso, montamos uma excelente estrutura com leitos e consultórios específicos, sala de medicação e equipes prontas para receber o paciente com dores agudas”, acrescenta Dr. Aleixo.

Classificada como a segunda dor mais comum na população, a dor na coluna teve um aumento significativo no último ano devido à pandemia. Um estudo realizado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Fiocruz e Universidade de Campinas (Unicamp) revelou que subiu de 18,5% para 41% o índice de pessoas que afirmou sentir dores na coluna. O trabalho remoto, a diminuição na prática de atividades físicas e a maior quantidade de horas em frente ao computador ou celular têm contribuído para este resultado, alertam os pesquisadores.

“O que pode evitar dores de coluna é o fortalecimento da musculatura. Conseguimos isso com atividades físicas e cuidados com a postura. A genética também contribui. Então, alguém que tenha um familiar com problemas de coluna possivelmente pode ter também. A musculatura fortalecida minimiza o número de crises e até a intensidade das dores”, explica Aleixo Petrenko.

O ortopedista faz ainda um alerta importante sobre o momento que a coluna “trava”. Segundo ele, a tendência das pessoas é alongar o corpo para que a dor passe, o que pode prejudicar a situação. “O paciente acha que a dor na coluna é falta de alongamento. Em uma crise de dor, o melhor é fazer um repouso, tomar medicação para dor e procurar um médico. Só alongar a coluna travada não adianta”, frisa.Localizado na região central de Cuiabá, o H-Bento investe no atendimento humanizado e acolhimento aos pacientes, com uma medicina moderna. Além de Aleixo Petrenko, integram o grupo de sócios os médicos ortopedistas Alex Santiago, Fábio Peres de Mendonça e Vinicius Andrade. Juntos, eles vêm implantando mudanças e inovações no hospital, que é o antigo Sotrauma. A proposta é manter a excelência em ortopedia e traumatologia com a ampliação do rol de especialidades

Ler Anterior

Queiroga reconhece a importância que Emanuel Pinheiro destina à saúde pública

Leia em seguida

Funcionários dos Correios realizam mobilização nacional nesta terça