Notícias de Última Hora :

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

quarta-feira, 28 de julho de 2021

Defensoria vai até bairros periféricos de Cuiabá para ajudar no cadastro da vacinação

A Defensoria Pública de Mato Grosso percorre outros cinco bairros periféricos de Cuiabá até a sexta-feira (23), auxiliando a população a se cadastrar no site da Prefeitura para ter acesso à vacina contra Covid-19. O trabalho presencial começou no dia 30 de junho e seguirá enquanto houver solicitação de presidentes de bairros pelo serviço. Virtualmente a atuação começou em 13 de abril e desde então foram feitos 1.769 atendimentos.

O serviço consiste em cadastrar quem não tem acesso à internet e acompanhar a situação do cadastrado até o dia de sua vacinação. Para que o cidadão entre na fila pela vacina, a Prefeitura exige que ele preencha um formulário eletrônico, o que é fator de exclusão para quem não tem internet ou não tem facilidade no preenchimento de cadastros.

Caso do pedreiro Sonivaldo de Jesus Andrade, 59 anos, morador do bairro Jardim Silvanópolis, que tomou a primeira dose da vacina no dia 12 de julho, cinco dias após ser cadastrado pela Defensoria Pública e já tinha desistido de fazer o cadastro sozinho.

“Eu sou meio grosseirão, sabe? Não sei mexer com internet não. E fiquei sabendo que esse pessoal vinha aqui e já pedi ajuda. Eu moro sozinho, não tenho quem cuide de mim e não posso ficar doente. Pra mim, o trabalho da Defensoria foi muito importante e agora, com fé em Deus, eu estou contando os dias para chegar logo o dois de outubro, dia da minha segunda dose”, contou agradecido.

Para o desempregado Mauro Martins da Silva, 55 anos, tomar a primeira dose também foi muito rápido depois do cadastramento feito pela Defensoria. “Eu fui cadastrado num dia, no outro já me chamaram para tomar. Eu queria muito, pois sou operado, vivo adoentado, mas aqui em casa não temos internet. Agora estamos aguardando chamarem minha esposa, que fez o cadastro no mesmo dia que eu. Ela tem 46 anos”, disse.

Nesta segunda-feira (19) a equipe do órgão esteve no bairro Nico Baracat. Na terça-feira (20) será a vez do bairro Jardim Liberdade, na quarta-feira (21) o atendimento será no Jardim Campo Verde, na quinta-feira (22) será no Altos da Serra II e na sexta-feira (23), no Parque Amperco.

Os servidores do órgão estão à disposição dos moradores das 8h às 11h30, e para que possam fazer o cadastro no site da prefeitura precisam que as pessoas levem documentos que tenham os dados pessoais seguintes: nome, idade, data de nascimento, número do CPF, do RG, do Cartão do SUS; dois contatos telefônicos, endereço e profissão.

“Essas são as informações exigidas pela Prefeitura para que a pessoa entre na fila da vacina e é com elas que fazemos o cadastro. A exigência é da Administração Municipal. O atendimento presencial só começou porque depois que disponibilizamos dois números para que a população carente ligasse à cobrar e enviasse mensagem por whatsapp, verificamos a enorme dificuldade das pessoas carentes, no uso dessas tecnologias”, explica a coordenadora do trabalho, a secretária executiva, Luziane Castro.

Para solicitar a ajuda do órgão ou solicitar visita nos bairros entre em contato pelos telefones: (065) 99810 5578 e (065) 99811 2417, das 12h às 18h, de segunda-feira a sexta-feira. Desde o dia 30 de junho, 11 bairros foram visitados e 103 atendimentos presenciais foram feitos.

 

Ler Anterior

Pela 1º vez em sua história, Cuiabá terá Política Municipal de Turismo

Leia em seguida

Comissão aprova projeto que determina participação de mulheres em cargos de direção nas organizações sociais