Notícias de Última Hora :

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

quarta-feira, 28 de julho de 2021

Investimentos no saneamento passam dos R$ 600 mi

Entre a duplicação da Estação de Tratamento de Água Ribeirão do Lipa e o início da construção da Estação de Tratamento de Esgoto que leva o mesmo nome, quatro anos de muito trabalho e mais de R$ 600 milhões investidos. O saneamento cuiabano abre o segundo semestre de 2021 reposicionado no cenário brasileiro, já apresentando resultados consistentes das ações iniciadas em agosto de 2017, quando a Águas Cuiabá, da Iguá Saneamento, assumiu a prestação dos serviços.

 

A prioridade dada pelo Poder Concedente (Prefeitura), órgão regulador (Arsec), Ministério Público (MPE-MT) e concessionária ao abastecimento de água e ao esgotamento sanitário fará com que a Capital mato-grossense cumpra, quase uma década antes do prazo, as metas estabelecidas pelo Marco do Saneamento.

“A primeira fase de nossas ações se concentrou no fortalecimento dos sistemas de abastecimento. Atuamos tanto na ampliação do volume distribuído quanto no aprimoramento da qualidade. Passamos, ainda, a fluoretar toda a água fornecida às famílias cuiabanas, fundamental à prevenção em saúde bucal”, conta o diretor geral da Águas Cuiabá, William Figueiredo.

A primeira entrega no sistema de abastecimento de água foi a duplicação da ETA Lipa, que marcou o aniversário de 300 anos da capital mato-grossense. A ação foi seguida de melhorias operacionais na ETA Central e a substituição de redes antigas. “A troca das tubulações, que faz parte do Programa de Combate às Perdas de Água Tratada, vem ocorrendo mês após mês, em diversos bairros”, explica Figueiredo.

Tecnologia e inovação – Das grandes estruturas de tratamento às redes instaladas nas ruas e avenidas e às unidades de gestão dos serviços, os sistemas de água e esgoto passaram a fazer uso de alta tecnologia. Neste contexto, são ações emblemáticas a construção da ETA Sul, a reconfiguração da ETE Tijucal, a instalação de Distritos de Medição e Controle (DMCs) ao longo das redes de água e o aparelhamento dos centros de Controle Operacional (CCO) e de Serviços (CCS). “O melhor que a engenharia de saneamento oferece no mundo, temos buscado trazer para Cuiabá”, acrescenta o diretor, lembrando, ainda, que a cidade ganhou novos laboratórios de análise da água tratada e de esgoto, importante medida de caráter operacional e socioambiental.

Panorama dos investimentos – Diferencial cuiabano no cenário brasileiro, a priorização do esgotamento sanitário recebeu grande parte do montante investido, com destaque para o mais novo sistema da cidade, o Sistema de Esgotamento Sanitário Lipa, para o qual estão sendo direcionados R$ 200 milhões. De grande abrangência, o SES Lipa atenderá 126 mil pessoas em 77 bairros. Com sua entrada em operação, sete toneladas de carga poluidora deixarão de ser lançadas, por dia, na natureza, contribuindo com a conservação do rio Cuiabá e a despoluição do córrego Mãe Bonifácia.

Efeitos – Além universalizar a cobertura dos serviços de saneamento, as obras e melhorias empreendidas desde 2017 em Cuiabá começam a gerar relevantes indicadores positivos. Um deles, a redução de perdas, conseguiu superar a meta estabelecida no contrato de concessão. “Quando estruturas antigas são substituídas e métodos mais eficientes de gestão dos serviços de saneamento básico são adotados, os resultados ficam evidentes na rotina da população”, observa o diretor operacional da Águas Cuiabá, André Silva. “Onde a água tratada não tinha regularidade e hoje tem, o esgoto escorria na sarjeta e hoje é adequadamente coletado, a qualidade de vida das famílias melhora visivelmente. Testemunhar o saneamento acontecendo, para nós da concessionária, é extremamente gratificante.”

saneamento, aguas cuiaba

Time em campo – Dinâmico e em constante melhoria, o saneamento básico da capital mato-grossense segue em forte ritmo de obras. Atualmente, os trabalhos se concentram na instalação de novas redes de coleta de esgoto, em frentes que podem ser vistas nas mais diferentes regiões do município, nas quais trabalham cerca de 1.500 profissionais. Todos os esforços têm por objetivo atingir as metas estabelecidas no contrato de concessão, que preveem investimentos totais de R$ 1,2 bilhão até 2024, quando a cidade atingirá 91% de cobertura de esgoto, já contando com abastecimento de água tratada, 24 horas por dia, em toda sua área regularizada.

Sobre a Águas Cuiabá – Por meio de concessão plena com validade de 30 anos, a Águas Cuiabá assumiu os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário na capital mato-grossense em 2012. A empresa atende a 613 mil pessoas e tem como objetivo universalizar o acesso da população à água de qualidade e à coleta e tratamento de esgoto. Desde 2017, faz parte da Iguá Saneamento, companhia que está presente em 37 municípios brasileiros e que alcança 6 milhões de pessoas com o compromisso de ser a melhor empresa de saneamento para o Brasil.

O alcance dos serviços prestados pela companhia a coloca entre os principais operadores privados do setor de saneamento do país. Em 2020, a Iguá aderiu à Rede Brasil do Pacto Global, iniciativa da Nações Unidas (ONU) para mobilizar a comunidade empresarial na adoção e promoção, em suas práticas de negócios, de Dez Princípios universalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, trabalho, meio ambiente e combate à corrupção. A companhia foi eleita, em 2019, pelo terceiro ano consecutivo, uma ótima empresa para se trabalhar pela consultoria Great Place to Work (GPTW). Atualmente, emprega cerca de 1,5 mil pessoas. O nome Iguá é uma referência direta ao universo em que atua: em tupi-guarani, “ig” quer dizer água. www.iguasa.com.br

Ler Anterior

Atendimento humanizado

Leia em seguida

Flávio representa contra Renan na PGR alegando abuso de autoridade na CPI