Notícias de Última Hora :

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

quarta-feira, 28 de julho de 2021

Ex-deputado de MT deixa sede da PF com materiais apreendidos

O ex-deputado estadual Wagner Ramos (PSD) publicou um vídeo na manhã desta quarta-feira (21) deixando a sede da Polícia Federal, em Cuiabá. Segurando documentos e materiais embalados, ele afirma ter recebido de volta os itens que foram levados durante cumprimento de mandado de busca e apreensão em sua casa e em seu gabinete na Assembleia Legislativa.

O caso ocorreu em setembro de 2017, quando a PF apurava, na Operação Malebolge, o pagamento de propina, por parte do governo Silval Barbosa, para que deputados aprovassem projetos de obras da Copa do Mundo de 2014. À época, foi divulgado áudio no qual ele aparece supostamente negociando a aprovação das contas de Silval com o irmão e o filho dele, Antônio e Rodrigo Barbosa, respectivamente.

Na visão de Wagner Ramos, a liberação dos materiais por parte da PF comprova sua idoneidade. “Graças a Deus a Polícia Federal entende que nós não devemos nada com relação àquela denúncia da CPI das Obras da Copa, no qual me acusaram de ter ido pedir propina para o filho do Silval Barbosa. Graças a Deus isso não aconteceu, está comprovado. Eu estou muito feliz, porque é uma página nova na minha vida”, disse.

Imagem: Maurício Barbant/ALMT

 

Ler Anterior

Emanuel anuncia data que nova frota de ônibus começa circular na Capital

Leia em seguida

Adolescente de 16 anos leva 10 tiros no meio da rua