Notícias de Última Hora :

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

quinta-feira, 23 de setembro de 2021

Mato-grossenses pagaram R$ 22 bilhões em impostos de janeiro até agora

A Federação do Comércio de Mato Grosso informou, hoje, que os mato-grossenses pagaram, de janeiro a até ontem, R$ 22,8 bilhões em impostos, taxas e contribuições. Essa quantia corresponde a 1,25% do total recolhido no país, que já atingiu a marca de R$ 1,5 trilhão pago aos governos federal, estaduais e prefeituras, aponta o ‘Impostômetro da Fecomércio’.

De acordo com o boletim da receita estadual, da secretaria de Estado de Fazenda, Mato Grosso recolheu, até junho, somente em ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Prestação de Serviço), R$ 6,4 bilhões. O setor do comércio e de serviços corresponde a 41,6% do total recolhido do imposto.

O faturamento tributável teve variação positiva em todos os subsetores do varejo no comparativo com o ano passado. O comércio varejista de materiais de construção teve o melhor desempenho, saltando de R$ 3 bi para R$ 4,7 bilhões (56,1%), o que representa também aumento nas vendas.

Ler Anterior

Câmara federal rejeita proposta do voto impresso em 2022

Leia em seguida

TRE encerra processo relata que EP venceu Abílio com “fatos verdadeiros” e nega pedido de cassação