Notícias de Última Hora :

Consultora financeira explica sobre a nova liberação de empréstimo para quem é beneficiário do BPC

Fonoaudióloga defende diagnóstico precoce para prevenção da perda auditiva

Atleta olímpico participa de jogo de fuga em Cuiabá

Dia do fonoaudiólogo: entenda a importância desse profissional no ambiente hospitalar

Profissionalismo e dedicação marcam 20 anos de profissão da fonoaudióloga Samia Ribeiro

Chapa 2 Integração protocola pedido para que profissionais da contabilidade tenham férias fiscais em MT

Adrenalina, desafios e diversão te esperam no Halloween da Escape60, em Cuiabá

Encontro automobilístico “Esperienza” supermáquinas entra para o calendário de eventos em Mato Grosso

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

segunda-feira, 23 de maio de 2022

Profissionalismo e dedicação marcam 20 anos de profissão da fonoaudióloga Samia Ribeiro

Com a chegada de dezembro e o dia 09, uma data significativa para a fonoaudióloga Samia Ribeiro também se faz presente ao completar 20 anos atuando na área.

Por trás de todo esse tempo de trabalho, muita dedicação e história. E até aqui, orgulhosa e com o sentimento de ter feito a escolha certa em ter trilhado o caminho dessa profissão, com a qual teve contato desde criança.

Formada na Universidade Católica Dom Bosco, em Campo Grande, Samia relata como foi o início de seus estudos, a formação em fonoaudiologia e especialização. Até o ingresso no mercado de trabalho que possibilitou conhecer mais a fundo a área e construir seu próprio negócio voltado para a saúde auditiva.

“Me formei na Universidade Católica Dom Bosco, em Mato Grosso do Sul. Fiz especialização em audiologia lá também. Hoje minha especialidade é o diagnóstico auditivo, infantil e adulto. Esse trabalho segue um acompanhamento que vai desde o nascimento até o início da fala da pessoa. Minha primeira oportunidade com saúde ocupacional foi no SESI FIEMT e depois trabalhei também no Centro de Reabilitação Integral Dom Aquino Corrêa (CRIDAC) como terapeuta. Tenho orgulho de ter trabalhado lá, meu pai tinha sido diretor técnico de lá por cinco anos, então cresci e frequentei o CRIDAC desde cedo. Lá tive contato com pessoas especiais e peguei o gosto pela fonoaudiologia e quis ajudar o próximo, seja na audição, na linguagem ou na voz”, relembra Samia.

Samia também avalia as conquistas e os avanços profissionais desses 20 anos. Empreendendo e acreditando em projetos que hoje são referências no segmento de saúde auditiva. “Estou também há 18 anos atendendo no Edifício Santa Rosa Tower e paralelo a também como sócia e fonoaudióloga no Centro Otorrino Jardim Cuiabá. Também temos a Audax Aparelhos Auditivos, onde estou há 12 anos trabalhando com aparelhos auditivos mais tecnológicos do mercado. Na Audax trabalhamos com aparelhos, acessórios, tampões, tudo para proporcionar ganho para a pessoa viver melhor. Tudo fruto de muito trabalho e sempre acreditando nos avanços que poderiam ocorrer” – disse.

A felicidade e a sensação de dever cumprido é o sentimento que conserva o coração da profissional que chegou há 20 anos fazendo a diferença na vida de inúmeros pacientes que podem ter uma vida normal.

“Fico feliz, na vida você colhe o que plantou lá atrás. Dar esperança para aquela pessoa que desistiu da comunicação, que aceita ficar isolada é o que me move. Ser aquela luz no fim do túnel e trazer a audição para uma pessoa é fantástico. Ajudar aquela pessoa que acha que não tem solução, isso não tem preço é gratificante”, destaca Samia.

Samia ainda faz um balanço do desenvolvimento da profissão e avalia o cenário sobre as alternativas de buscar profissionais que trabalham para combater a falta de audição das pessoas.

“Hoje acredito que no nosso Estado precisamos de fonoaudiólogos e audiologistas. O campo vem crescendo e se desenvolvendo em alternativas para solucionar esse problema. Temos o implante coclear na cidade e no Estado, temos também todo o suporte para amparar e tratar o paciente após uma cirurgia. Bem como também disponibilizamos todo tipo de exame para dar um diagnóstico eficaz e preciso para o paciente. Finalizo parabéns todos os fonoaudiólogos pelo brilhante trabalho realizado em Mato Grosso, disse Samia.

Ler Anterior

Fluminense recebe Chapecoense em busca de vaga na Libertadores

Leia em seguida

Carros de luxo continuam como grandes tendências para 2022 em MT