Notícias de Última Hora :

Consultora financeira explica sobre a nova liberação de empréstimo para quem é beneficiário do BPC

Fonoaudióloga defende diagnóstico precoce para prevenção da perda auditiva

Atleta olímpico participa de jogo de fuga em Cuiabá

Dia do fonoaudiólogo: entenda a importância desse profissional no ambiente hospitalar

Profissionalismo e dedicação marcam 20 anos de profissão da fonoaudióloga Samia Ribeiro

Chapa 2 Integração protocola pedido para que profissionais da contabilidade tenham férias fiscais em MT

Adrenalina, desafios e diversão te esperam no Halloween da Escape60, em Cuiabá

Encontro automobilístico “Esperienza” supermáquinas entra para o calendário de eventos em Mato Grosso

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

domingo, 14 de agosto de 2022

Gangue do Rolex rouba outro empresário: “Se reagir, morre”

Um empresário do ramo de investimentos afirmou ter sido mais uma das vítimas da “Gangue do Rolex”, que aborda pessoas nas avenidas de Cuiabá.

 

A vítima, que preferiu não se identificar por segurança, relatou ao MidiaNews que o crime ocorreu na última quinta-feira (5) e o relógio levado custava cerca de US$ 40 mil, equivalente a mais de R$ 200 mil.

 

O empresário disse que estava no carro, uma Mercedes, parado no congestionamento da rotatória do Bairro Santa Rosa, na Capital. Era pouco mais de 16h quando o criminoso, em uma motocicleta e com uma mochila do IFood, se aproximou e bateu no vidro do veículo.

 

Como estava distraído com o celular, o empresário se assustou e assim que olhou pela janela viu que o assaltante usava uma arma cromada para bater no vidro. Na sequência, o bandido falou: “Passa o relógio, passa o relógio”.

 

O empresário disse que sempre anda com uma arma no carro, mas naquela ocasião a pistola estava no porta-luvas, pois mais cedo precisou guardá-la para levar a filha na escola. Mesmo assim, tentou alcançar a arma, mas a ação foi percebida pelo assaltante, que disse: “Não reage senão você vai morrer. Abaixa o vidro, só quero o relógio”.

 

Não reage senão você vai morrer. Abaixa o vidro, só quero o relógio

O empresário afirmou que o motociclista parecia estar “desesperado”, por isso resolveu entregar o Rolex. Ele ainda informou que estava com um anel e uma pulseira de ouro, mas o assaltante não quis os acessórios.

 

A vítima, então, abaixou o vidro da Mercedes e entregou o Rolex, momento em que o motociclista pegou o acessório de luxo e fugiu entre os veículos parados no congestionamento.

 

Ele não registrou um boletim de ocorrência sobre o caso, alegando não ter conseguido visualizar a placa da motocicleta usada no crime. Porém, como medida de segurança, o empresário cobriu todo o carro de insulfilm para evitar ser visto dentro.

 

“Também ando com a pistola debaixo da perna, infelizmente, porque se um dia acontecer de novo vou estar preparado”, disse.

 

Ando com a pistola debaixo da perna, infelizmente, porque se um dia acontecer de novo vou estar preparado

 

Crime frequente

 

O empresário disse acreditar que o ladrão que roubou seu Rolex é o mesmo que roubou o empresário Ricardo Arruda, no Centro de Cuiabá.

 

Os crimes ocorreram com uma diferença de um dia. No caso de Arruda, o ladrão levou um relógio avaliado em R$ 75 mil e uma pulseira de ouro, em R$ 50 mil.

 

Apesar de ocorrerem em pontos de diferentes da Capital, o modus operandi do roubou foi semelhante e o criminoso descrito pelos empresários tinham as mesmas características.

 

Além desses dois casos, foi relatado pelo delegado Guilherme de Carvalho Bertoli, da Delegacia de Roubos e Furtos de Cuiabá (Derf), que anteriormente já havia sido registrado um roubo consumado a uma vítima, que teve o relógio levado em um assalto no trânsito, e uma ocorrência de tentativa de roubo, que não se consumou.

 

A Polícia Civil segue investigando os casos denunciados e citou a importância do registro do boletim de ocorrência para ajudar a identificar os criminosos.

Fonte: Mídia News

Ler Anterior

Petrobras anuncia que diesel fica mais caro a partir desta terça (10)

Leia em seguida

Show do rapper Matuê termina em tiroteio no litoral de São Paulo; veja