Breaking News :

Consultora financeira explica sobre a nova liberação de empréstimo para quem é beneficiário do BPC

Fonoaudióloga defende diagnóstico precoce para prevenção da perda auditiva

Atleta olímpico participa de jogo de fuga em Cuiabá

Dia do fonoaudiólogo: entenda a importância desse profissional no ambiente hospitalar

Profissionalismo e dedicação marcam 20 anos de profissão da fonoaudióloga Samia Ribeiro

Chapa 2 Integração protocola pedido para que profissionais da contabilidade tenham férias fiscais em MT

Adrenalina, desafios e diversão te esperam no Halloween da Escape60, em Cuiabá

Encontro automobilístico “Esperienza” supermáquinas entra para o calendário de eventos em Mato Grosso

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

sábado, 20 de julho de 2024

CCJ aprova cassação de vereadora e plenário pode decidir destino político de Edna ainda nesta quarta

Foi aprovada nesta segunda-feira(09), a cassação da vereadora Edna Sampaio(PT) pela Comissão de Constituição Justiça e Redação da Câmara Municipal de Cuiabá. O relatório da Comissão de Ética da Casa de Leis foi aprovado de forma unânime, pautado na apropriação da parlamentar petista, da Verba Indenizatória de sua ex-chefe de gabinete, Laura Abreu.

Em reunião extraordinária, o presidente da CCJR, vereador Jeferson Siqueira (PSD) explicou que o parecer não é sobre o mérito do processo, mas sobre a resolução. “Nosso parecer não é sobre o mérito do processo que aqui está em pauta, mas da resolução do processo. E nosso parecer aqui é pela aprovação”.

O passo seguinte agora é encaminhar a decisão da CCJ para o presidente da Mesa Diretora da Câmara, Chico 2000(PL). Se Chico seguir o trâmite o relatório pela cassação do mandato de Edna pode ir à plenário até mesmo esta semana. Bom, a depender de sua declaração à jornalistas nesta segunda, na Assembleia Legislativa, após participar de uma audiência pública sobre ferrovias, o relatório passará pelo pente-fino dos vereadores ainda nesta quarta-feira(11), antes do feriado.

Na semana passada, o vereador Kássio Coelho, relator do processo disciplinar de que Edna é alvo, já havia se posicionado pela cassação da petista e foi seguido pelos vereadores Kero Kero e Rodrigo de Arruda e Sá, membro e presidente da Comissão, respectivamente.

Para os integrantes da comissão, a parlamentar petista supostamente teria um prazo de cinco dias – que se encerrou na última sexta-feira(06) -, para entregar as alegações finais da sua defesa, mas não o fez sob o argumento que teria passado o prazo regimental de 90 dias, assim, o processo disciplinar estaria anulado, o que não foi aceito pelos membros da Comissão

Outro lado

Também nesta segunda-feira(09), por meio de nota, a vereadora petista apontou que ‘na ânsia de cassar seu mandato’, o presidente da Comissão de Ética da Câmara, vereador Rodrigo de Arruda e Sá, estaria ignorando a Justiça ao anunciar que o prazo de 90 dias do processo disciplinar, de que a parlamentar é alvo, vencerá somente no próximo dia 17 de outubro.

De acordo com a parlamentar a Comissão de Ética teria anexada ao processo, um documento em que apontava que “a vereadora Edna Sampaio foi notificada da abertura do Processo Disciplinar da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar – processo nº 22.704/2023, no dia 30 de maio de 2023 as 09h55min em seu gabinete, tendo a Comissão de Ética e Decoro Parlamentar o prazo de 90 dias para encerramento do processo o qual findará na data de 28 de agosto de 2023…”.

Contudo, ainda de acordo com a nota, no dia 23 de agosto, restando cinco dias para o prazo final de encerramento do processo, os membros da Comissão de Ética foram intimados da decisão liminar que suspendeu devido ao atropelo do rito e cerceamento dos direitos de defesa da Vereadora Edna.

“No dia 26 de setembro a Comissão de Ética retomou os trabalhos da Comissão, iniciando a contagem do prazo dos cinco dias restantes. Para agir dentro da lei, bastaria contar os dias para saber que prazo final de 90 dias terminou em 30 de setembro. Portanto, no dia de hoje, 09 de outubro, o processo já está no nonagésimo nono dia tramitação. Um flagrante desrespeito à lei”.

Na nota, a vereadora sem mostrar surpresa revela que já contava com a ‘insistência do vereador Rodrigo em afrontar as leis, uma vez que estaria agindo desta forma desde o começo do processo’

“Por isso, além de requerer o arquivamento do processo junto à Comissão de Ética, fez-se necessário mais uma vez acionar o Poder Judiciário, considerando os princípios constitucionais do devido processo legal e da legalidade”.

O advogado da vereadora, Julier Sebastião, cita igualmente na nota ‘inúmeras nulidades e violações da ampla defesa, do devido processo legal e do contraditório presentes neste feito administrativo’.

Apontando como exemplo o descumprimento da medida liminar no tocante à oitiva das testemunhas de defesa. “Ante o exposto, requer-se o arquivamento do Processo Administrativo Disciplinar nº 22.704/2023 […] em obediência aos princípios constitucionais do devido processo legal e da legalidade”.

Read Previous

Executada pelo Governo do Estado, obra do gasoduto de Cuiabá está 97% concluída

Read Next

Frical volta sinalizar apoio a Kalil mas detona Jayme Campos; ‘não subo no mesmo palaque’