Breaking News :

Consultora financeira explica sobre a nova liberação de empréstimo para quem é beneficiário do BPC

Fonoaudióloga defende diagnóstico precoce para prevenção da perda auditiva

Atleta olímpico participa de jogo de fuga em Cuiabá

Dia do fonoaudiólogo: entenda a importância desse profissional no ambiente hospitalar

Profissionalismo e dedicação marcam 20 anos de profissão da fonoaudióloga Samia Ribeiro

Chapa 2 Integração protocola pedido para que profissionais da contabilidade tenham férias fiscais em MT

Adrenalina, desafios e diversão te esperam no Halloween da Escape60, em Cuiabá

Encontro automobilístico “Esperienza” supermáquinas entra para o calendário de eventos em Mato Grosso

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

quarta-feira, 24 de julho de 2024

TCE-MT e ALMT firmam parceria para promover empreendedorismo e reduzir desigualdades

O presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT), conselheiro Sérgio Ricardo, anunciou a criação de um fórum interinstitucional voltado ao avanço do empreendedorismo no estado. A questão foi debatida em reunião nesta segunda-feira (26), com representantes da Câmara Setorial Temática de Apoio ao Empreendedorismo e das Micros e Pequenas Empresas da Assembleia Legislativa (ALMT).

De acordo com o conselheiro-presidente, o fomento ao empreendedorismo e à industrialização é um dos principais caminhos para que Mato Grosso possa reduzir as desigualdades socioeconômicas entre seus municípios. “O Tribunal vem movimentando todos os setores na busca pelo fim das desigualdades no estado. Assumimos este trabalho com muita ênfase e estamos trazendo todos os setores para esta construção”, afirmou.

Sérgio Ricardo lembra que um dos reflexos da falta de incentivo ao setor é a perda populacional. Na última década, segundo o censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 51 municípios mato-grossenses passaram por este fenômeno. “Essa gente foi embora em busca de oportunidades e, para isso, só tem um jeito, nós temos que criar oportunidades nos municípios e qualificar as pessoas”, pontuou.

Um dado apresentado pela Câmara reforça o potencial para a industrialização: em 2023, Mato Grosso gastou R$ 3 bilhões com produtos fabricados em outros estados, como por exemplo, uniformes escolares. Considerando que o estado é o maior exportador de algodão do Brasil, o mercado têxtil encontraria vantagens logísticas para se desenvolver e gerar emprego e renda em diferentes regiões.

“Nós mandamos nosso algodão para outros lugares e depois compramos de volta já como produtos industrializados. Esses produtos poderiam estar sendo fabricados aqui. Então, precisamos de políticas para incentivar a implementação de empresas, principalmente nas regiões onde estão os menores municípios e os mais pobres”, completou o conselheiro.

Segundo o presidente da Câmara, Cléber Ávila Ferreira, este é um dos principais objetivos da criação de um programa indicado pela Assembleia ao Governo. “A proposta é criar um ambiente adequado para que micro e pequenas empresas do setor industrial possam se instalar em cidades de pequena população e que tenham uma economia estagnada. A ideia é gerar emprego e renda onde mais se necessita de oportunidade.”

A partir da reunião na Corte de Contas, a expectativa da Câmara é que mais instituições se mobilizem e novas proposições, principalmente referentes a questões tributárias e de fomento, melhorem o cenário para estes negócios. Desta forma, o estado poderá alavancar um setor que emprega mais de 70% da mão de obra de carteira assinada em todo o Brasil.

Com relação ao fórum, Cléber destacou que a participação da equipe técnica do TCE-MT no debate vai elevar o nível dos projetos. “Percebemos o empenho e o interesse do presidente do Tribunal em ajudar os municípios de Mato Grosso a resolver esse problema, que é geração de emprego, geração de renda e o retorno à sociedade na prestação de serviços públicos”, concluiu.

Read Previous

AMM e TCE realizam Seminário de Formação com foco nas Eleições 2024; veja programação

Read Next

Polícia Militar reúne mais de 5 mil competidores na 8ª Corrida do Bope