Breaking News :

Consultora financeira explica sobre a nova liberação de empréstimo para quem é beneficiário do BPC

Fonoaudióloga defende diagnóstico precoce para prevenção da perda auditiva

Atleta olímpico participa de jogo de fuga em Cuiabá

Dia do fonoaudiólogo: entenda a importância desse profissional no ambiente hospitalar

Profissionalismo e dedicação marcam 20 anos de profissão da fonoaudióloga Samia Ribeiro

Chapa 2 Integração protocola pedido para que profissionais da contabilidade tenham férias fiscais em MT

Adrenalina, desafios e diversão te esperam no Halloween da Escape60, em Cuiabá

Encontro automobilístico “Esperienza” supermáquinas entra para o calendário de eventos em Mato Grosso

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

segunda-feira, 27 de maio de 2024

Contas de Juína evidenciam economia orçamentária de R$ 28 milhões e recebem parecer favorável

Conselheiro-relator, Sérgio Ricardo.

Ao apreciar as contas anuais de governo da Prefeitura de Juína, referentes ao exercício de 2022, o Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) constatou uma economia orçamentária de R$ 28 milhões, quando comparadas as despesas realizadas com as autorizadas. Sob relatoria do conselheiro Sérgio Ricardo, o balanço recebeu parecer prévio favorável à aprovação na sessão ordinária desta terça-feira (12).

Conforme o relator, as despesas do Município perfizeram R$ 215 milhões. Já a receita efetivamente arrecadada por Juína foi de R$ 228 milhões, dos quais R$ 33 milhões (15,61%) são referentes a receitas tributárias próprias e R$ 158 milhões (69%) a transferências correntes.

“Na execução orçamentária, houve superávit no valor aproximado de R$ 19 milhões e, no resultado financeiro do Poder Executivo, verificou-se superávit de cerca de R$ 33 milhões, evidenciando a existência de suficiência financeira de obrigações de curto prazo”, apontou o conselheiro.

No que diz respeito aos limites e percentuais constitucionais e legais, restou apurado que, na manutenção e desenvolvimento do ensino, foram aplicados 30,58% da receita base (mínimo 25%), nas ações e serviços públicos de saúde, 33,83% (mínimo 15%) e na remuneração dos profissionais da educação básica, 93,20% (mínimo 70%).

Já os gastos com pessoal do Poder Executivo, Legislativo e do Município, corresponderam, respectivamente, a 47% (limite de 54%), 1,49% (limite de 6%) e 49% (limite de 60%) da Receita Corrente Líquida (RCL). Os repasses ao Poder Legislativo foram equivalentes a 4,39% (limite 7%).

Quanto às irregularidades, foram mantidas as referentes à abertura de créditos adicionais por conta de recursos inexistentes de excesso de arrecadação e de superávit financeiro, elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA) sem destaque ao valor a ser aplicado com o orçamento fiscal e atraso no envio das contas ao TCE-MT. “Ressalto, contudo, que as irregularidades mantidas não comprometeram a execução orçamentária, financeira e patrimonial do Município, nem mesmo deram causa a danos suportados pelo erário, bastando a emissão de recomendações”, argumentou.

Frente ao exposto, seguindo o parecer do Ministério Público de Contas (MPC), Sérgio Ricardo votou pela emissão de parecer prévio favorável à aprovação das contas, com recomendações. Seu posicionamento foi seguido por unanimidade do Plenário.

O município    

Ao apreciar o balanço, o conselheiro-relator destacou que o Município de Juína foi criado em 1982 e está localizado a 734 km de Cuiabá, abrangido pelos biomas amazônico e cerrado, na microrregião do Aripuanã e na mesorregião Norte de Mato Grosso.

Em 2010, sua população era de 39 mil habitantes, tendo subido para 45 mil, de acordo com o último censo do IBGE (2022). Já o Produto Interno Bruto (PIB) per capita passou de R$ 12 mil para R$ 28 mil atualmente.

As principais fontes econômicas de Juína são agropecuária e o extrativismo vegetal e mineral e o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,716.

Na ocasião, Sérgio Ricardo também apresentou o Índice de Gestão Fiscal dos Municípios (IGFM), que permite mensurar a qualidade da administração pública. Neste caso, o Município passou da 89ª colocação em 2020 para a 77ª em 2021.

Secretaria de Comunicação/TCE-MT
E-mail: imprensa@tce.mt.gov.br
Flickr: clique aqui

Read Previous

Congresso promovido pela OAB-MT supera as expectativas

Read Next

Polícia Militar prende mulher por manter marido em cárcere privado sem comida em Alta Floresta