Breaking News :

Consultora financeira explica sobre a nova liberação de empréstimo para quem é beneficiário do BPC

Fonoaudióloga defende diagnóstico precoce para prevenção da perda auditiva

Atleta olímpico participa de jogo de fuga em Cuiabá

Dia do fonoaudiólogo: entenda a importância desse profissional no ambiente hospitalar

Profissionalismo e dedicação marcam 20 anos de profissão da fonoaudióloga Samia Ribeiro

Chapa 2 Integração protocola pedido para que profissionais da contabilidade tenham férias fiscais em MT

Adrenalina, desafios e diversão te esperam no Halloween da Escape60, em Cuiabá

Encontro automobilístico “Esperienza” supermáquinas entra para o calendário de eventos em Mato Grosso

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

domingo, 21 de julho de 2024

Seaf apresenta para Botelho projeto inovador: Aquaponia e Piscicultura

O deputado Eduardo Botelho, presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso – ALMT, selou mais uma parceria para ajudar pequenos produtores rurais. Em caráter experimental, o projeto Aquaponia e Piscicultura em Recirculação, será implementado pela Secretaria Estadual de Agricultura Familiar – Seaf, na Escola Estadual de Educação Especial Raio de Sol, em Cuiabá, onde 115 alunos deficientes cultivam plantas medicinais.

Para isso, Botelho vai destinar emenda de R$ 200 mil para ajudar na execução do projeto, que após um ano de experimento, poderá ser inserido nas pequenas comunidades rurais, gerando emprego e renda às famílias da Agricultura Familiar, organizadas em associações.

A parceria foi firmada durante reunião com Clovis Figueiredo Cardoso, secretário adjunto da Seaf, nesta terça-feira (6), na presidência da ALMT. Cardoso disse que o projeto sustentável já surpreende em algumas localidades de São Paulo.

“Esse projeto, de São Paulo, tem uma característica muito importante que é a criação de peixes e os resíduos usados para alimentar as plantas. É altamente sustentável, com a reciclagem da água e alimento para o peixe. Então, nosso intuito é mostrar aos deputados, por meio do presidente Botelho, a possibilidade de abraçar também esse projeto. O Estado precisa de peixe, nosso consumo cresce, mas a produção diminui. Então, é uma possibilidade para a baixada cuiabana e todo Mato Grosso”, informou Cardoso.

Também participou da reunião, Brasílio Soares, responsável pela Cadeia Produtiva da Piscicultura e Aquicultura da Seaf. Ele disse que a pasta tem trabalhado essa ideia. E esse projeto poderá trazer uma solução mais efetiva à baixada cuiabana, aumentando a capacidade de produção, com zero emissão de carbono, usando menos 90% de água do que a piscicultura convencional e, poderá ser inserido nas pequenas comunidades, ocupando menor espaço.

“Fizemos algumas visitas para validar esse projeto e viemos apresentá-lo ao deputado Botelho, para transformar essa ideia em realidade em Mato Grosso, principalmente, na baixada cuiabana que tem uma deficiência na piscicultura”, esclareceu Soares.

Cada módulo do projeto é de 100 metros quadrados, conforme Soares detalhou, para a produção de 250 quilos de peixes por ciclo e de dois mil pés de hortaliças, através do processo de recirculação da água, levando nutrientes às plantas.

“A otimização da água é muito grande e a licença ambiental simplificada. Acredito que para os assentamentos e as associações, que queiram ter uma renda, com segurança alimentar e sustentabilidade, esse projeto devolverá o nosso peixe à baixada cuiabana”, afirmou, ao acrescentar que são dois projetos pilotos: um em Cuiabá e outro em Tangará da Serra.

O deputado, que conhece bem a realidade das comunidades rurais, disse que o projeto é diferente e inovador, uma vez que vai adequar à produção de hortifrutigranjeiros com a de peixes. Otimista, Botelho assegurou apoio necessário para o experimento.

“Vou destinar uma parte das emendas para fazermos o modelo experimental, mas esse projeto pode sim vir a ser uma opção à agricultura familiar e ribeirinhos. E, dentro de um ano vamos avaliar como funcionará em Cuiabá, na questão do calor e umidade. Mas vejo como uma esperança muito grande. Estamos discutindo a possibilidade de fazer em uma escola e depois estender, com financiamento e subsídio do governo, para os pequenos agricultores”, concluiu o deputado.

Também participou Maria Cristina de Carvalho, da Coordenadoria de Acesso aos Mercados da Seaf.

O projeto foi elaborado pela Biocult, que é uma startup brasileira que oferece soluções sustentáveis para culturas agrícolas através da biotecnologia. E tem especialização tecnológica em Produtividade, Resíduos, Economia de Água, Piscicultura, Aquaponia e Hidroponia.

Read Previous

Chico apresenta ao TCE ação coletiva que destina R$ 30 milhões para cirurgias

Read Next

Quebra de Safra também preocupa Assembleia, afirma Max Russi