Breaking News :

Consultora financeira explica sobre a nova liberação de empréstimo para quem é beneficiário do BPC

Fonoaudióloga defende diagnóstico precoce para prevenção da perda auditiva

Atleta olímpico participa de jogo de fuga em Cuiabá

Dia do fonoaudiólogo: entenda a importância desse profissional no ambiente hospitalar

Profissionalismo e dedicação marcam 20 anos de profissão da fonoaudióloga Samia Ribeiro

Chapa 2 Integração protocola pedido para que profissionais da contabilidade tenham férias fiscais em MT

Adrenalina, desafios e diversão te esperam no Halloween da Escape60, em Cuiabá

Encontro automobilístico “Esperienza” supermáquinas entra para o calendário de eventos em Mato Grosso

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

domingo, 21 de abril de 2024

Prefeito Ari Lafin se contrapõe a dados que colocam Sorriso como a “Cidade do Medo” em MT

O prefeito de Sorriso, Ari Lafin (PSDB) garantiu que a cidade – que fica ao norte de Mato Grosso, às margens da BR-163 -,  é segura. Ao contrariar levantamento registrado no último Anuário Brasileiro de Segurança Pública, que colocou Sorriso como o município mais violento do Centro-Oeste e o sexto mais perigoso do Brasil.

A declaração de Lafin foi feita em sua participação neste final de semana do programa Roda de Entrevista, da TV Mais, afiliada a TV Cultura.

“A cidade [de Sorriso] é extremamente segura, tranquila. Infelizmente, as mortes que aconteceram em 2022 e 2023 que nos colocam no índice de 6ª cidade mais violenta do Brasil é uma verdade pelo quantidade de mortes de enfrentamentos. Eu não vou entrar nessa área porque não sou técnico, quem tem que falar sobre isso é a Segurança Pública. Eu não tenho essa competência”, explicou o prefeito.

A má fama foi reforçada com a repercussão das matérias publicadas pelo site UOL e Folha de São Paulo sobre as guerras de facções que tomam conta da cidade. Depois dessas estatísticas, Sorriso ganhou o apelido de “Cidade do Medo”. Obscurendo a fama do município – entre os cinco maiores do Estado -, antes conhecido como o centro do agronegócio em Mato Grosso.

Já o prefeito Ari Lafin, claro, acha que a informação não esta de toda correta ainda que admita sua preocupação com os dados.

“Você anda às 22h, 00h, 01h da manhã de forma tranquila em Sorriso. Ela não é a cidade do medo”. Mas confessou que os dados preocupam: “Porém, são fatos. Contra fatos não há argumentos. Mas alguns fatos temos que explicar com muita calma”.

“Se você andar na nossa cidade hoje, vai encontrar praças lotadas, pessoas caminhando. Nós não temos furtos de celulares, as pessoas continuam com os portões abertos tomando seu tereré e confraternizando. Inclusive, nos bairros mais humildes da cidade, onde ocorrem os confrontos pontuais de enfrentamentos e de assassinatos”, completou Ari.

O prefeito peessedebista contou que está atuando em conjunto com o Governo do Estado para o aumento da segurança da cidade, além de medidas extracurriculares para crianças e adolescentes como a prática de esportes e atividades culturais, o que, segundo ele, protegeria as crianças do crime que assola Sorriso.

“O Governo do Estado tem fortalecido as operações de investigação e abordagem, através da PM e da Polícia Civil. Nós estamos com todas as crianças na escola, e estamos trabalhando para fortalecer as atividades extracurriculares, principalmente nos bairros onde estão acontecendo os conflitos”.

Read Previous

Trecho de duplicação da BR-163 é liberado e governador afirma que obras vão “evitar muitas mortes”

Read Next

Deputada diz que ‘está fora de cogitação uma reeleição na AL-MT’ e mira disputa ao Senado