Breaking News :

Consultora financeira explica sobre a nova liberação de empréstimo para quem é beneficiário do BPC

Fonoaudióloga defende diagnóstico precoce para prevenção da perda auditiva

Atleta olímpico participa de jogo de fuga em Cuiabá

Dia do fonoaudiólogo: entenda a importância desse profissional no ambiente hospitalar

Profissionalismo e dedicação marcam 20 anos de profissão da fonoaudióloga Samia Ribeiro

Chapa 2 Integração protocola pedido para que profissionais da contabilidade tenham férias fiscais em MT

Adrenalina, desafios e diversão te esperam no Halloween da Escape60, em Cuiabá

Encontro automobilístico “Esperienza” supermáquinas entra para o calendário de eventos em Mato Grosso

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

quinta-feira, 25 de abril de 2024

Município se antecipa e inicia planejamento para prevenção de focos de incêndios

Planejamento integrado. Essa é a palavra-chave que norteia as ações do Comitê Integrado de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais e Urbanos. E para isso, integrantes do Comitê estiveram reunidos nesta manhã, 13 de março, para traçar estratégias antecipadas focadas na eliminação e prevenção de focos de incêndio em 2024. “A intenção é não termos focos de incêndio, claro; mas, caso ocorram precisamos estar preparados para atuar com agilidade”, frisa o presidente do Comitê está o secretário de Agricultura, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia (Samatec), Nerci Adriano Denardi. “Para isso, precisamos trabalhar em conjunto e com planejamento”, acrescenta.

 

Entre as ações discutidas hoje está a atualização do mapa das áreas com maior índice de registros de fogo; além da necessidade de também revisar o mapeamento dos pontos de água disponíveis para o caso de ocorrências.

Para facilitar acesso à locais como o Assentamento Jonas Pinheiro, todos os envolvidos também irão receber um mapa do Assentamento. Assim, se houver chamadas as equipes já saem com o trajeto traçado. “São muitos travessões dentro do Assentamento, precisamos estar organizados com a rota mais rápida e de mais fácil acesso no caso de chamadas”, destaca o gestor da Semasa, Marlon Zanella. Já nesta sexta-feira, dia 15, as equipes devem repassar ações de prevenção no Jonas Pinheiro em um dia de campo da agricultura familiar, adianta Marlon.

Hoje o Município conta com dez caminhões pipas que podem ser usados no combate à incêndios. A intenção é deixar um desses veículos na base instalada no Jonas Pinheiro para atendimento mais ágil no caso de eventualidades no Assentamento. “Além dos prejuízos financeiros há os problemas de saúde em consequência do fogo e da fumaça para toda a população e precisamos diminuir o tempo de resposta no caso de queimadas”, diz Denardi. “Também vamos focar na cultura do fogo usado para limpeza: essa é uma prática perigosa que precisa ser eliminada”, reforça.

Em 2023, a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec), registrou 120 incêndios. Desse total, 40 foram de médio e grande porte, quando há a necessidade de uma força tarefa com o uso de caminhões pipas; ação dos Bombeiros e uso de aeronaves no combate às chamas. As demais 80 situações foram de fogo doméstico, em que ao chegar ao local a equipe constatava que o fogo havia sido colocado pelo próprio morador para queimar folhas e lixo. Nessas situações, mediante orientação da Defesa Civil, o morador foi o responsável por apagar as chamas. “Quando constatamos focos domésticos explicamos aos moradores que eles podem sofrer punições como multas ou até ações mais graves como prisão e orientamos que eles mesmo apaguem as chamas”, explica o coordenador da Compdec, Alberto dos Santos.

No comparativo com os dados de 2022, em 2023 Sorriso registrou 57,89% ocorrências a menos em grandes e médios focos – em 2022 foram 95 registros de incêndios médios e grandes. Por outro lado, em 2022 não houve registros de fogo doméstico.

Vale lembrar que anualmente o Estado lança o decreto do período proibitivo do uso do fogo para limpeza e manejo de áreas rurais, válido para a época de estiagem nos meses de julho a outubro, geralmente. “Contudo, o que precisa ficar claro é que atear fogo é crime ambiental e uma prática errada o ano todo”, finaliza o gestor da Samatec.

Além das equipes da Samatec e Semasa, a reunião de hoje contou com a presença de representantes do Núcleo Integrado de Fiscalização (NIF); Clube Amigos da Terra (CAT); Corpo de Bombeiros e Sindicato Rural.

 

O Comitê

Criado em 2021, o Comitê conta com integrantes da Prefeitura e de outras instituições, como o do Sindicato Rural, o CAT, a Aprosoja, o Corpo de Bombeiros Militar (BM), a Polícia Militar (PM), a Polícia Judiciária Civil (PJC), associações empresariais e concessionárias de rodovias.

 

 

Fonte: Prefeitura de Sorriso – MT

Read Previous

Técnicos e servidores de Várzea Grande participam de capacitação no TCE/MT

Read Next

Várzea Grande recebe ônibus para atender atletas do Centro de Referência Paralímpico