Breaking News :

Consultora financeira explica sobre a nova liberação de empréstimo para quem é beneficiário do BPC

Fonoaudióloga defende diagnóstico precoce para prevenção da perda auditiva

Atleta olímpico participa de jogo de fuga em Cuiabá

Dia do fonoaudiólogo: entenda a importância desse profissional no ambiente hospitalar

Profissionalismo e dedicação marcam 20 anos de profissão da fonoaudióloga Samia Ribeiro

Chapa 2 Integração protocola pedido para que profissionais da contabilidade tenham férias fiscais em MT

Adrenalina, desafios e diversão te esperam no Halloween da Escape60, em Cuiabá

Encontro automobilístico “Esperienza” supermáquinas entra para o calendário de eventos em Mato Grosso

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

quarta-feira, 29 de maio de 2024

VÁRZEA GRANDE, 157 ANOS DE HISTÓRIA E TRADIÇÃO

 

Várzea Grande completa 157 anos de forma vigorosa, mesmo diante das grandes crises nacionais e das disputas políticas.

Isto quer dizer que o desenvolvimento natural, sobrepôs as crises, venham elas de onde vierem.
Falo de Várzea Grande, por ser um município especial em vários sentidos, desde a maneira de portar de seu povo até a garra e vitalidade dos seus empresários.

Acredito que a maior rivalidade que ainda perdura até hoje, seja muito mais por causa de sua situação geográfica sendo vizinha de Cuiabá, já que são apenas separadas pelo rio de mesmo nome ou por injunções políticas, que são afloradas em todo este imenso país chamado Brasil.

Mas vamos lá. Apesar de todas as críticas que desferem contra Várzea Grande, principalmente no comparativo com a capital do Estado, como se fosse possível diante de nossa história e nossa organização política, que alguma cidade fosse melhor que a capital do Estado, mesmo sabendo que em alguns comparativos existem muitas cidades melhor avaliadas que as capitais.

Agora a força de Várzea Grande, que foi forjada em meio a Guerra deste imenso país chamado Brasil com o vizinho país, Paraguai vem de laços familiares e principalmente daqueles que nunca se deixaram abater, por isso sazonalmente a cidade aparece às vezes bem, às vezes em desvantagem comparativamente.

Seja na política, na economia ou em qualquer outro setor, Várzea Grande responde às intempéries econômicas com criatividades, trabalho e esperança num futuro melhor.

Como qualquer cidade que tem desafios gigantes, como atender a uma população de 300 mil habitantes e que facilmente chega aos 400 mil por causa da distância que a separa da capital e de outras cidades do Vale do Rio Cuiabá, levando muitas pessoas a residirem aqui e trabalharem em outras praças ou vice-versa, Várzea Grande se demonstra altaneira e imbatível, mesmo a gente não podendo desconhecer seus problemas que são os mesmos de Cuiabá ou de qualquer outra grande cidade ou mesmo as chamadas metrópoles.

Mesmo assim, Várzea Grande é uma cidade de porte e seus problemas ainda são manejáveis, dependendo muito dos seus dirigentes para solucioná-los ou então para torná-los mais agudos.

Cabe aos gestores se conscientizarem o quanto a população e a cidade dependem de suas atitudes e responsabilidades.

Várzea Grande sofre como as grandes metrópoles, os problemas das especulações imobiliárias, das favelas, das migrações desordenadas, das drogas, dos assaltos, dos crimes organizados e dos congestionamentos.

Nesse município que no passado se descuidou muito da educação, da saúde, da segurança, das malhas viárias e dos carentes. Às vezes parece que parou no tempo. Foi esquecido e relegado a planos inferiores, buscando o desenvolvimento desordenado e cruel.
Aqui a população é tranquila, porém ativa.

O comércio e a indústria são fortes, uma vez que, com suas grandes empresas e os atacadistas fornecem todo o norte mato-grossense. A indústria, apesar da crise econômica que atravessamos, continua ampliando ininterruptamente suas instalações e investindo em produtividade.

A exploração da industrialização, ocorrida em todos os cantos do município, estimulou o comércio.

E se Várzea Grande sempre foi caminho, passagem, o destino mais uma vez lhe foi fiel. Privilegiada pelo relevo e embalada pela vontade de decolar, a cidade ganhou em 1949 um moderno Aeroporto, localizado a 8 quilômetros do centro da Capital Cuiabá. Do Aeroporto Internacional Marechal Rondon, saem vôos para os mais diversos destinos que vão de fazendas e garimpos até grandes centros do país.

E NO TEAR DO TEMPO…

Várzea Grande vai sendo gerada por seu povo, sua gente e a vida que leva. Acolhe nos braços migrantes de toda parte, oferece oportunidades, vira gente grande, desenvolvida e progressista, gera riquezas sem abandonar suas raízes.

Os antigos vaqueiros já não são vistos levando o gado para a Passagem da Conceição, mas a tradição permanece. Várzea Grande cresceu para ser caminho. Passam vidas, cruzam histórias.

Várzea Grande é um lugar especial, portal de entrada e saída para a grande fronteira agrícola do País, por conseguir absorver com muita maestria as mudanças frequentes ocorridas em nossa economia.

Ela não é uma cidade apenas do futuro, Várzea Grande é de agora e terá sempre sua marca indelével na história de Mato Grosso e na consolidação de todo desenvolvimento que por aqui passou, passa e passará, pois ela faz parte de um conjunto de pessoas e ações que sempre nortearam a política e a economia como um todo, desde os primórdios de sua existência.

Várzea Grande é Mato Grosso, Várzea Grande é Brasil.

Wilson Pires de Andrade é jornalista em Mato Grosso.

Read Previous

R$ 13 mi em investimentos marcam entregas históricas de asfalto e miniestádio para mais de 20 mil famílias

Read Next

“Burocracia excessiva está impedindo o avanço do setor produtivo”, diz Mauro em discurso nos EUA