Breaking News :

Consultora financeira explica sobre a nova liberação de empréstimo para quem é beneficiário do BPC

Fonoaudióloga defende diagnóstico precoce para prevenção da perda auditiva

Atleta olímpico participa de jogo de fuga em Cuiabá

Dia do fonoaudiólogo: entenda a importância desse profissional no ambiente hospitalar

Profissionalismo e dedicação marcam 20 anos de profissão da fonoaudióloga Samia Ribeiro

Chapa 2 Integração protocola pedido para que profissionais da contabilidade tenham férias fiscais em MT

Adrenalina, desafios e diversão te esperam no Halloween da Escape60, em Cuiabá

Encontro automobilístico “Esperienza” supermáquinas entra para o calendário de eventos em Mato Grosso

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

sexta-feira, 21 de junho de 2024

Presídio abandonado vira sede de delegacia de forma improvisada

Unidade prisional desativada pelo governo em 2021, para ser reformada e receber 70 reeducandos em regime semiaberto, está abandonada e de forma precária teve parte do prédio transformada em delegacia da Polícia Civil. Trata-se do Presídio Militar de Leverger, fundado em 1985, com capacidade para 60 presos e instalado em Santo Antônio de Leverger (34 km ao sul). O prédio não oferece acessibilidade e a população que procura atendimento enfrenta um calor insuportável, sem ventilador ou ar condicionado, em um saguão improvisado.

Equipe do Jornal A Gazeta esteve na unidade na sexta-feira (22) e conversou com moradores. Cristovão Marcolino da Silva, 50, transpirava muito enquanto aguardava atendimento. Precisava ser ouvido em inquérito policial. Classificou de vergonhosa a situação da unidade, que funciona há cerca de 4 meses no local. Segundo ele, precisou peregrinar várias vezes até Chapada dos Guimarães para tratar do inquérito, já que o delegado do município, distante quase 100 km, que respondia pelos procedimentos na cidade.

A delegacia hoje ocupa algumas salas da parte frontal do antigo Cadeião de Santo Antônio. Sala do delegado, dois cartórios para escrivães, sala para policiais e uma pequena cela, sem energia elétrica. Conforme servidores, a situação estava bem pior. Graças às filmagens feitas no local pelo cineasta Bruno Bini, que produziu um filme durante 3 dias na unidade, hoje a situação é melhor. O cineasta bancou a limpeza do prédio, que usou como locação e, com isso, os servidores foram beneficiados.

Só uma pessoa faz a limpeza do prédio, mas não diariamente. Problemas na parte elétrica trazem riscos. Mato e sujeira atraem animais peçonhentos, vindos da parte abandonada da cadeia, onde estavam as celas. Inclusive, duas torres de observação trazem receio de acidentes, pois há anos não sofrem qualquer tipo de manutenção. No pátio, uma BMW, apreendida em ação policial, se deteriora no tempo. O motivo porque o carro ainda se encontra na unidade é um mistério para quem atua lá.

Recentemente, uma moradora cadeirante não conseguiu entrar no prédio, pois o único portão de acesso é de metal e pesado, está com os rolamentos estragados e somente uma pequena porta central se abre, mas uma trava na parte inferior impede o acesso de cadeira de rodas.

Fonte: Gazeta Digital

Read Previous

São Paulo segura o Fla e conquista título inédito da Copa do Brasil

Read Next

Homem é preso em Sorriso por torturar adolescente com golpes até nos órgãos genitais