Breaking News :

Consultora financeira explica sobre a nova liberação de empréstimo para quem é beneficiário do BPC

Fonoaudióloga defende diagnóstico precoce para prevenção da perda auditiva

Atleta olímpico participa de jogo de fuga em Cuiabá

Dia do fonoaudiólogo: entenda a importância desse profissional no ambiente hospitalar

Profissionalismo e dedicação marcam 20 anos de profissão da fonoaudióloga Samia Ribeiro

Chapa 2 Integração protocola pedido para que profissionais da contabilidade tenham férias fiscais em MT

Adrenalina, desafios e diversão te esperam no Halloween da Escape60, em Cuiabá

Encontro automobilístico “Esperienza” supermáquinas entra para o calendário de eventos em Mato Grosso

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

quarta-feira, 29 de maio de 2024

Atleta de MT bate recorde no salto triplo e leva ouro no campeonato Ibero-Americano

Fonte: Gazeta Digital, créditos da imagem: Wagner Carmo/ Divulgação/ CBAt

O saltador mato-grossense Almir Júnior conquistou medalha de ouro e foi recordista do Campeonato Ibero-Americano de Atletismo, na noite deste domingo (12) – último dia do evento. A Seleção Brasileira foi a grande campeã da competição, com 86 atletas, 544 pontos e 43 medalhas (16 de ouro, 15 de prata e 15 de bronze).

O atleta nascido em Matupá (MT) e criado em Peixoto de Azevedo (674 km de Cuiabá) saltou 17,31 m e reafirmou seu índice olímpico, de 17,22m, para os Jogos de Paris 2024. Ele já tinha o índice com a marca de 17,24 m feita em julho do ano passado, na cidade de São Paulo. A família do atleta, pai e irmãos, vieram do interior mato-grossense para acompanhar a competição, vestidos com a inscrição na camiseta “Almir Jr Paris 2024”.

“Estou há dois anos fora de casa treinando em Lisboa e estava pronto para isso”, disse Almir com a bandeira do Estado do Rio Grande do Sul nas costas, já que embora tenha nascido em Mato Grosso é radicado em Porto Alegre desde os 15 anos.

Foi essa sua ligação com o Rio Grande do Sul que levou Almir de Portugal direto para Porto Alegre, antes da viagem a Cuiabá, para ajudar as vítimas das enchentes. “Minha mulher é gaúcha, os guris são gaúchos, moro em Porto Alegre desde os 15 anos”, comentou.

Todos os resultados da última noite de competição estão disponíveis no site da CBAt.

O Campeonato Ibero-Americano de Atletismo é uma competição da Associação Ibero-Americana de Atletismo (AIA), com realização da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) e o Governo do Estado, e parcerias com a Federação de Atletismo do Mato Grosso (FAMT), Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e SESI-MT.

“Essa conquista do Almir fecha com chave de ouro o trabalho e o empenho do Governo do Estado em entregar um evento de qualidade tanto para os nossos quatro atletas mato-grossenses que estiveram em competição, quanto para incentivar futuros esportistas a acreditarem no seu potencial e irem em busca dos seus sonhos. Trazer esse evento para cá foi essencial para virar os olhos do mundo para o esporte que a gente tem feito em Mato Grosso”, afirmou o secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer, Jefferson Carvalho Neves.

O presidente da Confederação Brasileira de Atletismo, Wlamir Campos, afirmou que o evento realizado pela primeira vez no Centro-Oeste do país teve recorde de participação de inscritos em Ibero-Americanos – mais de 500 atletas de 23 países.

“Esse evento seria realizado em Santiago, no Chile, que declinou e então partimos para o planejamento da competição em Cuiabá. Em parceria total com o Governo do Estado foi possível fazer essa entrega. Foi a coroação de uma parceria sólida, que começou em 2022 com a realização do Brasileiro Sub-23, seguiu com o Troféu Brasil em 2023, agora o Ibero-Americano e já estamos em negociação para fazermos em 2025 uma etapa do Continental Tour Golden”, pontuou.

Seleção brasileira

O Brasil foi o grande campeão após três dias de competições (10 a 12.05), no Centro de Treinamento da UFMT. O Atletismo Brasil competiu em casa e somou 544 pontos – venceu também no naipe masculino (294 pontos) e no naipe feminino (250 pontos). O Brasil também liderou o quadro de medalhas, com 43 no total (16 de ouro, 15 de prata e 15 de bronze). A Colômbia foi a vice-campeã (277 pontos) e a Espanha ficou em terceiro lugar (171 pontos).

Já na contagem de medalhas, a Espanha foi a segunda colocada com 15 medalhas (4 de ouro, 7 de prata e 4 de bronze) e Porto Rico com 7 medalhas (4 de ouro, 2 de prata e 1 de bronze).

Todas as medalhas do Brasil
Ouro (16)
Valdileia Martins – salto com vara (1.88 m)
Vitor Hugo de Miranda, Maria Victoria Belo de Sena, Tiago Lemes da Silva e Leticia Maria Nonato Lima – revezamento 4×400 m (3.17.85)
Felipe Bardi dos Santos – 100 m (10.14)
Tatiane Raquel da Silva – 3000 m com obstáculos (9.46.25)
Matheus Gabriel de Liz Correa – 20 km marcha atlética (1:23.51)
Altobeli Santos da Silva – 5.000 m (14.27.38)
Izabela Rodrigues da Silva – lançamento de disco (63,60 m)
Gabriele Sousa dos Santos – salto triplo (13,68 m)
Wellinton Fernandes da Cruz Filho – lançamento de disco (62,31 m)
Gabriela Silva Mourão, Ana Carolina Azevedo, Lorraine Martins e Vitoria Rosa – revezamento 4×100 m (43.54)
Rodrigo do Nascimento, Felipe Bardi, Erik Cardoso e Vinicius Rocha Moraes– revezamento 4x 100 m (39.19)
Eduardo de Deus – 110 m com barreiras (13.24)
Thiago do Rosário André – 1.500 m (3.39.60)
Almir Cunha dos Santos – salto triplo (17,31 m)
Anny de Bassi, Maria Victoria Belo de Sena, Jainy Barreto e Leticia Nonato – revezamento 4×400 m (3.30.72)
Pedro Henrique Nunes Rodrigues – lançamento de dardo (85,11 m)

 

Prata (12)
Lissandra Maysa Campos – salto em distância (6,53 m)
Darlan Romani – arremesso de peso (20,53 m)
Vitória Rosa – 100 m (11.23)
Altobeli Santos da Silva – 3.000 m com obstáculos (8.37.13)
Simone Ponte Ferraz – 3.000 m com obstáculos (9.52.93)
Jaqueline Beatriz Weber – 800 m (2.01.64)
Andressa Oliveira de Morais – lançamento de disco (60,37 m)
Regiclécia Candido da Silva – salto triplo (13,23 m)
Rafael Henrique Campos Pereira – 110 m com barreiras (13.35)
Jucilene Sales de Lima – lançamento de dardo (62,31 m)
Thiago Moura – salto em altura (2,20 m)
Ketiley Batista – 100 m com barreiras (13.22)

 

Bronze (15)
Eliane Martins – salto em distância (6,47 m)
Welington Silva Morais – arremesso de peso (20,51 m)
Gabriela de Souza Muniz – 20 km marcha atlética (1:38.33)
Wendell Jeronimo Souza – 5.000 m (14.27.73)
Ana Caroline Miguel da Silva – arremesso de peso (17,18 m)
Chayenne Pereira da Silva – 400 m com obstáculos (56.22)
Lucas Marcelino dos Santos – salto a distância (7,91 m)
Felipe Vinícius dos Santos – Declato (7.547 pontos)
Fabio Jesus Correia – 10 km corrida de rua (30:06)
Tamara Alexandrino de Sousa – heptatlo (5.617 pontos)
Fernando Carvalho Ferreira – salto em altura (2,15 m)
Ana Azevedo – 200 m (23.31)
Erik Cardoso – 200 m (20.50)
Lucas Alisson Pedro – salto com vara (5,25 m)
Luiz Maurício Dias da Silva – lançamento de dardo (82,02 m)

Read Previous

Após assumir relacionamento, Key exibe foto agarradinha com namorado: ‘Saudade’

Read Next

Homem de 41 anos é encontrado morto em calçada após sentir dores no peito