Breaking News :

Consultora financeira explica sobre a nova liberação de empréstimo para quem é beneficiário do BPC

Fonoaudióloga defende diagnóstico precoce para prevenção da perda auditiva

Atleta olímpico participa de jogo de fuga em Cuiabá

Dia do fonoaudiólogo: entenda a importância desse profissional no ambiente hospitalar

Profissionalismo e dedicação marcam 20 anos de profissão da fonoaudióloga Samia Ribeiro

Chapa 2 Integração protocola pedido para que profissionais da contabilidade tenham férias fiscais em MT

Adrenalina, desafios e diversão te esperam no Halloween da Escape60, em Cuiabá

Encontro automobilístico “Esperienza” supermáquinas entra para o calendário de eventos em Mato Grosso

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

segunda-feira, 4 de março de 2024

Ouvidoria Externa da Defensoria realizou mais de 29 mil atendimentos

Criada oficialmente em 2008, a Ouvidoria faz a ponte entre a população e a Defensoria Pública, recebendo sugestões, reclamações e adotando as providências necessárias

A Ouvidoria é um canal de comunicação entre a população e a Defensoria Pública, recebendo sugestões, reclamações, denúncias, críticas, elogios, adotando as providências pertinentes e informando os resultados aos interessados.

Criado oficialmente pela Resolução n.° 023/2008 – CSDP, de 29 de janeiro de 2008, o cargo de ouvidor-geral foi exercido por defensores até dezembro de 2010, quando foi eleito Paulo Lemes, primeiro ouvidor externo, que entrou em exercício em janeiro de 2011.

Nesses 13 anos, quatro ouvidores externos já passaram pelo cargo: Paulo Rogério Lemes (2011 a 2014), Lúcio Andrade (2015 a 2018), Cristiano Preza (2019 a 2022), e o atual, Getúlio Pedroso (desde 2023).

Hoje, a equipe da Ouvidoria é composta pelo ouvidor-geral, Getúlio Pedroso, por um assessor jurídico, Cristiano Preza, uma técnica administrativa, Marildette França, um assessor administrativo, Ildmar Campos, e uma estagiária de pós-graduação, Patricia Rodrigues.

A Defensoria de Mato Grosso foi pioneira na implementação da Ouvidoria no país. Até hoje, nem todas as Defensorias Estaduais possuem Ouvidoria – apenas 17 das 27. O primeiro ouvidor externo das Defensorias foi Willian Fernandes, que iniciou suas atividades em 2006 em São Paulo.

A Ouvidoria-Geral da Defensoria Pública de Mato Grosso efetuou 29.384 atendimentos desde 2011, quando passou a contar com ouvidores externos. Apenas no período de 2019 a 2022, foram realizados 27.320 atendimentos.

História – A Ouvidoria-Geral da Defensoria Pública de Mato Grosso foi criada pela Resolução n.° 05/2007, na gestão da defensora pública-geral Helyodora Caroline Rotini, e oficialmente implementada pela Resolução 023/2008 – CSDP, de 29 de janeiro de 2008.

A primeira ouvidora-geral da DPMT foi a defensora Graciela Faria, nomeada em outubro de 2007. Depois que ela se afastou em virtude da licença-maternidade, em dezembro daquele ano, o defensor Cid Borges, então ouvidor-adjunto, assumiu interinamente a Ouvidoria até 2009, quando foi nomeado ouvidor-geral.

“Sob os influxos das ideias semeadas juntamente com o Dr. William Fernandes, ouvidor externo de São Paulo, e outros colegas, participei da criação do Colégio Nacional de Ouvidores-Gerais, compondo a sua primeira Diretoria, ainda em 2008”, revelou Borges.

Em 2009, o defensor elaborou o projeto de criação da Ouvidoria-Geral Externa da DPMT, que resultou na promulgação da Lei Complementar 132/2009 e da Lei Complementar Estadual 398, de 20 de maio de 2010.

Borges ainda presidiu a eleição do primeiro ouvidor-geral externo, Paulo Lemos, que assumiu em janeiro de 2011, para um mandato de dois anos, foi reeleito, e seguiu no cargo até 2014.

Em seguida, Lúcio Andrade foi eleito ouvidor (2015 a 2018), sucedido por Cristiano Preza (2019 a 2022), ambos reconduzidos uma vez ao cargo.

Atualmente, Getúlio Pedroso Ribeiro exerce o cargo de ouvidor-geral da DPMT (biênio 2023-2024).

Novos canais – A partir de 2019, a Ouvidoria criou projetos de ampliação dos canais de atendimento, como o DefenZap e as páginas no Instagram e Facebook, além do canal no YouTube.

“Com isso, as pessoas começaram a ter mais possibilidade de acessar a Ouvidoria. Esse foi o grande fator que aumentou o número de pessoas que buscaram a Ouvidoria, além de fixarmos nas portas dos núcleos os novos canais de acesso. As pessoas iam e já tinham a informação de como acessar a Ouvidoria”, relatou Cristiano Preza, ouvidor de 2019 a 2022.

Além disso, a Ouvidoria passou a “sair do escritório”, indo até os bairros mais afastados e também aos municípios do interior, por meio dos projetos Ouvidoria na Área e Ouvidoria Itinerante, levando a Ouvidoria até o cidadão.

Segundo Getúlio Pedroso, no cargo desde o ano passado, a Ouvidoria tem trabalhado para utilizar a linguagem simples e o acolhimento humanizado no atendimento ao cidadão.

Atualmente, a Ouvidoria conta com dez canais de comunicação para atender demandas da população – incluindo carta, formulário impresso, online, atendimento presencial, redes sociais, chatbot, telefone, WhatsApp, e-mail e Fale Conosco.

A partir de maio de 2023, com a inauguração dos Núcleos Cíveis da Capital, unificados no edifício Pantanal Business, na av. do CPA, em Cuiabá, a Ouvidoria passou a atender a população das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira.

“Com a ampliação do horário de atendimento, visando proporcionar maior acolhimento e acessibilidade, dobramos o número de atendimentos”, relatou o ouvidor.

Em 2021, foi publicada a Carta de Serviços ao Cidadão da Defensoria Pública de Mato Grosso, com o intuito de informar ao cidadão os serviços prestados pela Instituição, como formas de acesso e garantia desses serviços, bem como os compromissos de atendimento com o público.

Desde 2019, a Ouvidoria-Geral também publica no site, semestralmente, um Relatório de Atividades.

Encontro Nacional – Em novembro de 2022, a Defensoria sediou o Encontro Nacional de Ouvidorias Externas das Defensorias Públicas Estaduais, pela primeira vez em Mato Grosso.

A abertura do evento ocorreu no Palácio Paiaguás e contou com seminários e debates sobre os desafios dos dez anos de “políticas afirmativas na garantia dos direitos humanos para comunidades indígenas e quilombolas”.

Bicampeã na luta antirracista – A Defensoria Pública de Mato Grosso foi premiada em novembro do ano passado, em Brasília, com o “Selo Esperança Garcia Por Uma Defensoria Antirracista” na categoria ouro, pelo segundo ano consecutivo.

Em 2022, a DPMT foi a única do Centro-Oeste a receber selo ouro de combate ao racismo, durante o XV Congresso Nacional das Defensoras e Defensores Públicos, em Goiânia. No ano anterior, a DPMT ficou com o selo bronze.

Concedida pelo Conselho Nacional de Ouvidorias de Defensorias Públicas (CNODP), a condecoração premia, desde 2021, as boas práticas antirracistas nas Defensorias Públicas de todo o Brasil.

Atuação – Os principais eixos de atuação da Ouvidoria são: a consolidação do trabalho de reconexão da Defensoria com os movimentos sociais, a produção de pesquisas para embasar decisões institucionais, o impulsionamento de uma agenda de fortalecimento de institucional, a aproximação do interior com a capital, e o fortalecimento das ouvidorias externas e do Conselho Nacional de Ouvidorias.

A Ouvidoria busca soluções por meio da mediação, encarando as demandas como oportunidades de apresentar a Defensoria à população, proporcionando apoio e satisfação ao cidadão.

“Buscamos ampliar o diálogo e aproximar cada vez mais os movimentos sociais, grupos, organizações e entidades da sociedade civil com o órgão. É o nosso principal objetivo!”, destacou Pedroso.

O ouvidor afirmou que a Ouvidoria vem se consolidando nos últimos anos como uma importante ponte entre a sociedade civil e os membros da Defensoria.

“Estamos no caminho correto. Continuaremos trabalhando juntos para fortalecer ainda mais a Instituição, garantindo o acesso à Justiça para todos e aproximando cada vez mais o órgão da sociedade civil, movimentos sociais, grupos e organizações. Viva a Defensoria Pública de Mato Grosso! Viva as entidades da sociedade civil! Viva sua Ouvidoria!”, arrematou.

Read Previous

Câmara derruba decreto de Emanuel que elevou em 212% o valor da taxa do lixo

Read Next

“Estou ao lado do povo”, diz Varanda após Câmara impedir aumento da taxa de coleta de lixo