Breaking News :

Consultora financeira explica sobre a nova liberação de empréstimo para quem é beneficiário do BPC

Fonoaudióloga defende diagnóstico precoce para prevenção da perda auditiva

Atleta olímpico participa de jogo de fuga em Cuiabá

Dia do fonoaudiólogo: entenda a importância desse profissional no ambiente hospitalar

Profissionalismo e dedicação marcam 20 anos de profissão da fonoaudióloga Samia Ribeiro

Chapa 2 Integração protocola pedido para que profissionais da contabilidade tenham férias fiscais em MT

Adrenalina, desafios e diversão te esperam no Halloween da Escape60, em Cuiabá

Encontro automobilístico “Esperienza” supermáquinas entra para o calendário de eventos em Mato Grosso

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

sábado, 2 de março de 2024

São Paulo tem 63% de aproveitamento em finais no Morumbi e não perde há 17 anos

Com a vantagem adquirida na partida de ida no Maracanã, o São Paulo joga por um empate diante do Flamengo neste domingo, dia 24, para conquistar a primeira Copa do Brasil de sua história. No Morumbi, onde já reverteu duas vezes placares adversos nesta temporada (San Lorenzo, na Copa Sul-Americana, e Corinthians, na Copa do Brasil), o clube já disputou 27 finais, com um aproveitamento de 63%.

O levantamento de Michael Serra, historiador do São Paulo, leva em consideração decisões que tenham sido realizadas em jogo único ou a volta – como será o caso contra o Flamengo – no Morumbi. Fundado em 1930, o São Paulo teve diversas casas antes de se fixar no Morumbi na década de 1960. Pacaembu e Canindé, por exemplo, já foram locais fixos para o clube mandar suas partidas.

Por isso, a primeira decisão do São Paulo no estádio Cícero Pompeu de Toledo (presidente do clube na década de 1940) só aconteceu em 1975. Na ocasião, enfrentou a Portuguesa, como visitante. Derrotado por 1 a 0, se sagrou campeão estadual nos pênaltis. Até o início dos anos 2000 era comum que as partidas decisivas do Paulistão fossem disputadas no Morumbi, independentemente do mando do São Paulo ou do time das finais.

A final mais recente no Morumbi foi em 2021, no Paulistão, contra o Palmeiras. Após vencer a partida de volta por 2 a 0, o São Paulo encerrou um jejum de nove anos sem títulos. O último também havia sido conquistado no Morumbi, na Copa Sul-Americana de 2012 contra o Tigres, em partida que não terminou – o duelo foi interrompido no intervalo após confrontos entre jogadores argentinos e seguranças do time nos vestiários.

Das 27 finais, o São Paulo venceu 17. O último revés em uma decisão no Morumbi se deu em 2006, na Recopa Sul-Americana contra o Boca Juniors. Desde então, apenas outras duas finais, em período que coincidiu com secas de títulos do São Paulo, foram jogadas em sua casa. Entre 2006 e 2023, foram apenas cinco taças, duas destas conquistadas em finais no Morumbi e as demais no tricampeonato brasileiro, entre 2006 e 2008.

PAULISTÃO É A DECISÃO MAIS FREQUENTE
Antes de Corinthians e Palmeiras modernizarem seus estádios, a maioria das finais dos clubes paulistas era disputada no Morumbi – independentemente de o duelo contar com o São Paulo. Em 2012, por exemplo, Santos e Guarani disputaram o título Paulista com as duas partidas realizadas na casa tricolor. Em 2008, a partida da final da Copa do Brasil entre Corinthians e Sport também teve o Morumbi como palco – a equipe pernambucana se sagrou campeã na volta.

O Paulistão é a competição que o São Paulo mais decidiu no Morumbi. Das 27 finais, 15 foram do maior Estadual do País. Além dele, Brasileirão (3), Libertadores (2), Rio-São Paulo (2), Supercopa Libertadores de 1993, Super Paulista de 2002, Recopa Sul-Americana de 2006 e Sul-Americana de 2012 completam a lista.

Assim como a competição mais disputada, o Corinthians é o rival que mais vezes enfrentou o São Paulo em decisões no Morumbi. Ao todo, os times se encontraram oito vezes, com três vitórias do tricolor – todas elas pelo Campeonato Paulista.

Confira todas as finais decididas no Morumbi:

Campeonato Paulista 1975: Portuguesa – Campeão
Campeonato Paulista 1978: Santos – Vice-campeão
Campeonato Paulista 1980: Santos – Campeão
Campeonato Brasileiro 1981: Grêmio – Vice-campeão
Campeonato Paulista 1981: Ponte Preta – Campeão
Campeonato Paulista 1982: Corinthians – Vice-campeão
Campeonato Paulista 1983: Corinthians – Vice-campeão
Campeonato Paulista 1985: Portuguesa – Campeão
Campeonato Paulista 1987: Corinthians – Campeão
Campeonato Paulista 1989: São José – Campeão
Campeonato Brasileiro 1989: Vasco da Gama – Vice-campeão
Campeonato Brasileiro 1990: Corinthians – Vice-campeão
Campeonato Paulista 1991: Corinthians – Campeão
Libertadores 1992: Newells Old Boys – Campeão
Campeonato Paulista 1992: Palmeiras – Campeão
Supercopa Libertadores 1993: Flamengo – Campeão
Libertadores 1994: Vélez Sarsfield – Vice-campeão
Campeonato Paulista 1998: Corinthians – Campeão
Campeonato Paulista 2000: Santos – Campeão
Rio-São Paulo 2001: Botafogo – Campeão
Rio-São Paulo 2002: Corinthians – Vice-campeão
Super Paulista 2002: Ituano – Campeão
Campeonato Paulista 2003: Corinthians – Vice-campeão
Libertadores 2005: Athletico-PR – Campeão
Recopa 2006: Boca Juniors – Vice-campeão
Copa Sul-Americana 2012: Tigres – Campeão
Campeonato Paulista 2021: Palmeiras – Campeão

Fonte: Gazeta Digital

Read Previous

Maiara enlouquece os fãs ao compartilhar foto na cama com namorado: ‘Agarradinha’

Read Next

Famílias que não sacaram Bolsa Família em maio podem perder benefício